Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

4.1/5 - (20 votes)

LIBERADO empréstimo consignado até dezembro de 2021 via INSS

A ampliação da margem do empréstimo consignado veio através da aprovação de uma Medida Provisória, que vencerá no dia 31 de dezembro.

Aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) podem contratar empréstimos com valores maiores. No dia 31 de março deste ano, a margem da modalidade de empréstimo foi ampliada de 35% a 40%.

Veja também: INSS vem realizando cortes em diversos auxílios-doença

No entanto, essa possibilidade tem data de validade. Isso porque, a ampliação da margem do empréstimo consignado veio através da aprovação de uma Medida Provisória, que vencerá no dia 31 de dezembro.

Todavia, até lá os segurados podem comprometer até 35% do valor do seu benefício em empréstimos, e até 5% em cartões de crédito. Na contratação do crédito consignado, parte do valor da dívida é descontado diretamente da folha de pagamento do contratante.

Por essa razão, há uma facilidade em encontrar propostas de empréstimos. Várias instituições financeiras oferecem a modalidade de crédito, inclusive, com taxas de juros e período de carência vantajosos.

Nova margem consignável a partir de dezembro

Com o encerramento da proposta, a partir do dia 1º de janeiro de 2022, os aposentados e pensionistas da autarquia terão de volta as seguintes proporções:

  • 30% para contratação de empréstimo consignado;
  • 5% para utilização de cartão de crédito.

Além disso, também será suspendida a regra que exige os bancos a darem um prazo de quatro meses de carência. Contudo, caso a instituição ofereça essas condições por conta própria, o segurado deverá estar atento a incidência de novas taxas de juros e valores adicionais.

Pagamento de R$1.100 é liberado para todos os grupos via INSS

Na última segunda-feira, 1º, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começou a realizar os pagamentos de outubro do cronograma destinado aos segurados que recebem benefício com valor superior ao salário mínimo. Lembrando que simultaneamente os pagamentos para os benificiários que recebem um piso nacional também serão realizados.

Os aposentados e pensionistas que recebem apenas um salário mínimo já está recebendo a mensalidade desde o dia 25 de outubro. O pagamento ocorre de acordo com dígito final do Número de Identificação Social (NIS) de cada segurado.

Confira as próximas datas de pagamento para beneficiários que ganham um piso nacional:

  • NIS final 6: Recebem dia 1º de novembro;
  • NIS final 7: Recebem dia 3 de novembro;
  • NIS final 8: Recebem dia 4 de novembro;
  • NIS final 9: Recebem dia 5 de novembro;
  • NIS final 0: Recebem dia 8 de novembro.

Confira o calendário para os segurados que ganham mais de um salário mínimo:

  • NIS final 1 e 6: Recebem dia 1º de novembro;
  • NIS final 2 e 7: Recebem dia 3 de novembro;
  • NIS final 3 e 8: Recebem dia 4 de novembro;
  • NIS final 4 e 9: Recebem dia 5 de novembro;
  • NIS final 5 e 0: Recebem dia 8 de novembro.
4.1/5 - (20 votes)

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

6 Comentários
  1. Adão Honorio de moura Diz

    Eu só tenho a falar numa coisa esses políticos eles acham que numca vão precisar dos votos dessa classe que são aposentados e pensionistas as eleições vem aí você aposentado e pensionista se esse décimo quarto não sai no ano que vem não perca o tempo de vocês para irem votarem não quem fiz isso e porque não tem vergonha na cara sinto muito em disser isso mais e a realidade vocês já estão vendo eles não tem um pingo de interesse em ajudar essa classe segundo o presidente não tem dinheiro para isso mais para outra coisa tem e uma coisa que eu não entendo.quer disser que essa classe não tem valor nenhum.tenho vergonha de ser brasileiro

  2. Dalva Saldanha Diz

    Aínda bem que tem um Deus junto que cobra a conta chega pode dançar em cima de milhões de aposentados que se encontra passando por nececidades Nabucodonosor brincou com Deus e Deus mostrou para ele que quem manda e ele então a conta chega

  3. Marineide C da Silva Diz

    Os aposentados sempre prejudicados pela corja de ladrões que estão no poder. Não gostei do Bolsonaro adiantar o décimo terceiro. Chega o Natal, o povo está sem recursos financeiros com o alto preço de medicamentos e alimentação. Onde está o décimo quarto que estão fazendo cu doce para aprovar? Decepcionada com o presidente. Ele e família têm tudo que precisam, querem e vivem na mordomia. Se diz tão religioso, então, olhe pelo povo necessitado e liberem o décimo quarto inteiro. O povo trabalhou a vida toda e necessita ter um toquinho para o final do ano!

  4. José Luiz Finkenauer Diz

    Estes políticos canalha se negam a aprovar 14.salario, mas nunca deixam de aprovar benefícios próprios, bando de canalha, safado e imorais.

  5. Tatiana Chaves Diz

    AINDA FALO QUE ESTES POLÍTICOS LADRÕES QUE ESTÃO ROUBANDO DOS APOSENTADOS TEM QUE MORRER DE CÂNCER.
    NÃO SALVA HUM. POIS SÃO TODOS LADRÕES CANALHAS VAGABUNDOS.

  6. Ney Rocha da Silva Diz

    Boa tarde, Ney rocha!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.