Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Instagram anuncia novo recurso para recuperação de contas invadidas

Verificação de Segurança é mais uma função de segurança para que usuários evitem cair em golpes

Para garantir a segurança de seus usuários, o Instagram liberou um novo recurso. Trata-se da Verificação de Segurança, feita principalmente para ajudar as pessoas que tiveram suas contas invadidas. 

De acordo com a empresa, a nova função permite verificar a atividade de login, analisar as informações do perfil e confirmar as contas com que compartilham informações de login. Além disso, também é possível atualizar as informações de contato para a recuperação da conta, como o número de telefone ou o email.

Nova função Verificação de Segurança, que começa a ser implementada no app (imagem: reprodução/Instagram).

O Instagram também ressaltou que contas que se passam por outras pessoas usam o status de verificação para identificar possíveis alvos e invadir perfis. O destaque é para se atentar a comportamentos suspeitos que pareçam como spam, pois podem ser uma forma de enganar usuários.

LEIA MAIS: Instagram vai liberar novo recurso para vendas pela plataforma

Outra atualização da rede social foi na Caixa de Entrada de Suporte. Ali, o usuário poderá encontrar informações sobre a situação das denúncias que fez de posts e comentários considerados ofensivos, além de descobrir se as próprias publicações violam as políticas da plataforma. 

Autenticação de dois fatores com WhatsApp 

O aplicativo também anunciou que o WhatsApp poderá ser utilizado para o recebimento do código de autenticação de dois fatores. A possibilidade será habilitada nas próximas semanas em alguns países, mas há usuários no Brasil que já conseguem utilizar a função. Para ativar a autenticação por dois fatores, é preciso: 

  • Acessar o menu de “Configurações” do Instagram; 
  • Vá em “Segurança” e, depois, em “Autenticação de dois fatores” 
  • Você verá as opções “SMS” e “Aplicativo de autenticação”. É provável que a opção “WhatsApp” apareça nesta página se estiver disponível para você. 
  • Ao escolher “SMS” ou “WhatsApp”, você receberá um SMS no número de telefone registrado na conta. 
  • Insira o código disponibilizado pela mensagem e confirme. 
  • Você ainda pode salvar os códigos de reserva em um lugar seguro para proteger sua conta. 

O Instagram ainda recomenda que o usuário também siga outras ações para garantir sua segurança: 

  • Atualize o seu número de telefone e email. Com estes dados atualizados, o Instagram poderá entrar em contato com o usuário em caso de algum incidente com a sua conta. Isso vale mesmo que um hacker altere suas informações. 
  • O Instagram nunca enviará uma mensagem direta para você. Segundo a empresa, golpistas enviam mensagens diretas para usuários na expectativa de que possam acessar informações confidenciais, como senhas de contas. Nas mensagens, eles podem dizer que a conta corre risco de ser banida ou outras ameaças do tipo. Isso é falso. O Instagram não entra em contato com o usuário pelo chat do app. 
  • Ative a solicitação de login. Ao ativar a autenticação de dois fatores, o usuário receberá um alerta toda vez que alguém tentar entrar na sua conta por meio de um dispositivo ou navegador da web que o Instagram não reconhece. Isso permite até saber qual dispositivo tentou fazer o login e onde ele está localizado. O dono da conta pode aprovar ou recusar de imediato a solicitação nos seus dispositivos conectados. 
  • Saiba quem acessou sua conta. Este último recurso também permite ver a lista de dispositivos que entraram recentemente na sua conta do Instagram. Para isso, basta acessar “Configurações”, “Segurança” e “Atividade de login”. Se não reconhecer um login realizado recentemente, será possível desconectar-se desse local ou dispositivo. Em seguida, informe ao Instagram que não foi você que fez o login. 

Cléo Pires já teve Instagram invadido 

Ter a conta invadida no Instagram não é um golpe tão incomum e os alvos são, em sua maioria, influencers. A atriz Cleo Pires foi uma vítima desse tipo de ação, em 2019. Na ocasião, a famosa não lembrava de ter clicado em links suspeitos, mas recebeu mensagens de um contato estranho no WhatsApp dizendo ser da polícia e o bloqueou. 

No entanto, o perfil de Cleo foi invadido e o criminoso publicou stories usando a imagem da atriz para prometer iPhones XS gratuitamente para quem clicasse nos links das postagens. Ainda houve anúncios de “6000 cartões presente”, “900 Apple Watch”, “1000 MacBooks” e “30 Teslas Model X” nos Stories da atriz. 

Pelo Twitter, Cleo tentou avisar seus seguidores para que não clicassem nos anúncios, mas o boletim de ocorrência que a atriz fez indicava que 600 mil pessoas clicaram nos links. Entre elas, estava seu pai, Fábio Júnior. Cleo Pires recuperou sua conta dias depois.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.