Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Instagram vai liberar novo recurso para vendas pela plataforma

Segundo informações, os testes da nova ferramenta devem acontecer nos próximos meses.

O Instagram anunciou no início deste mês que implementará um novo recurso na plataforma que irá possibilitar a filiação comercial na rede social. Segundo informações, os testes da nova ferramenta devem acontecer nos próximos meses.

Atualmente, os influenciadores conseguem incluir informações em seu perfil de lojas do Instagram Shop e marcas dos produtos que estão usando. Ademais, já é possível estabelecer parcerias de divulgação. Todavia, com o novo recurso para afiliados, o criador de conteúdo poderá receber comissão por produto vendido pelo aplicativo.

Vendedor afiliado

O vendedor afiliado é aquele que vende produtos de maneira terceirizada e recebe comissão por essas vendas. Há algum tempo, algumas plataformas já utilizam esses serviços.

Uma dessas empresas é a conhecida Hotmart, que disponibiliza um espaço para os influenciadores, além de abrir cadastros para vendas. Desta forma, pessoas físicas e jurídicas se afiliam a determinados produtos para receberem comissão com as vendas.

Outras empresas, como Magalu e Amazon também possuem este mesmo sistema de comissão em suas plataformas. No entanto, é através da compra por um link de afiliado, o vendedor recebe uma comissão relativa ao produto ofertado.

Afiliação no Instagram

Os usuários e criadores de conteúdos no Instagram poderão disponibilizar links para compra de determinados produtos indicados por eles. Desta forma, a cada compra realizada, será paga uma quantia referente a comissão sobre o produto.

A prática já ocorre de maneira paralela na plataforma digital. Muitos usuários colocam links em sua BIO no perfil da conta a fim de ofertar algum serviço ou produto.

Uma das vantagens de implementar essa nova funcionalidade, é evitar que os usuários deixem a plataforma. Neste sentido, fica mais fácil para que as pessoas comprem diretamente de seus influenciadores prediletos.

Além disso, empresas e marcas também terão maneiras específicas de anunciar os seus produtos segundo o recurso de filiação.

Cabe ressaltar, que a falta de ferramentas de monetização é algo que sempre impossibilitou os criadores de conteúdos da plataforma, visto que era mais vantajoso investir no Youtube, Facebook ou Tik Tok.

Segundo informações da empresa, a nova função para afiliados será testado incialmente com pequenos grupos de influenciadores e marcas com sede nos EUA, incluindo Benefit, Kopari, MAC, Pat McGrath Labs e Sephora.

Veja também: WhatsApp lançará nova função que permite a revisão de áudios

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.