Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

4.2/5 - (20 votes)

INSS: veja quais são as novas regras para o crédito consignado

O documento emitido pela autarquia aumenta o crédito consignado, e estende o benefício a mais pessoas

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) determinou o aumento da margem distribuível de 35% para 40%. O documento, divulgado, abrange não apenas aposentados e pensionistas, mas também beneficiários de benefícios continuados (BPC/Loas).

A margem distribuível é o percentual da renda mensal que esses segurados podem se comprometer com o pagamento do empréstimo parcelado. No empréstimo consignado do INSS, o desconto da dívida é aplicado diretamente nos salários ou benefícios do contratante. Para saber mais a respeito, continue com a leitura da matéria que o Notícias Concursos preparou para esta segunda-feira (25).

Como será o empréstimo consignado de acordo com as novas regras do INSS?

A partir de agora, o crédito terá condições de comprometer até 40% da renda. Veja como ficam as porcentagens de acordo com a especificação publicada:

  • 35% do crédito pessoal tradicional com desconto salarial;
  • 5% nas operações de crédito ou folha de pagamento.

As regras também estabelecem uma taxa de juros máxima para esse método, que é de 2,14% para empréstimos e 3,06% para cartões de crédito. O parcelamento pode ser feito em até 84 vezes.

BPC e Auxílio Brasil

INSS: veja quais são as novas regras para o crédito consignado
INSS: veja quais são as novas regras para o crédito consignado – Canva Pro

Outra mudança importante é a expansão desses produtos financeiros para quem recebe o BPC. Este programa atende idosos acima de 65 anos e pessoas com deficiência (PCDs) pertencentes as famílias de baixa renda.

Esta é a primeira vez que o grupo recebe tal benefício. Por exemplo, os beneficiários do BPC não recebem o 13º salário do INSS. A razão é que o programa é ajuda, não seguridade social.

A norma também amplia os empréstimos salariais para os atendidos pelo programa Auxílio Brasil. No entanto, para que os cerca de 18 milhões de brasileiros se tornem beneficiados, o Ministério da Cidadania ainda precisa emitir um mandato.

Assim, se você costuma contar com as vantagens do empréstimo consignado, agora pode contar com essa alteração em seu benefício. Cabe ao solicitante realizar uma análise em seu orçamento para saber se o empréstimo prejudicará as contas da casa.

Com o aumento, muitas pessoas solicitarão valores maiores no empréstimo consignado, mas isso nem sempre é a melhor decisão. Afinal, o pagamento perdurará por muitos meses comprometendo quase metade do salário/benefício do INSS.

4.2/5 - (20 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

3 Comentários
  1. Jacinto Pinto Aquino Rego Diz

    Muita gente que recebe auxílio emergencial e auxílio Brasil NAO PRECISA. O que o povo precisa é o ACORDA BRASIL!!!!!!!

  2. Moizes Ari Felício Azambuja Diz

    Dão auxílio para todos menos para os aposentados vamos dar a resposta nas urnas.

  3. Elisete Lima Diz

    E qdo vão liberar pra mães que são representante legal. Precisamos também em benefício ao nossos filhos

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.