Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

4/5 - (22 votes)

INSS libera pagamentos do adicional de até 25%; veja como receber

Os aposentados por incapacidade permanente, que não conseguem realizar sozinhos as suas atividades diárias, podem solicitar um adicional de 25% sobre o salário recebido junto ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Saiba quem poderá receber o benefício ainda neste ano de 2022.

A princípio, o adicional de 25% sobre o benefício será liberado, de maneira exclusiva, aos segurados que recebem a aposentadoria por incapacidade, não sendo estendido a pensão por morte em caso de falecimento do beneficiário.

Mesmo que a pessoa receba o teto do INSS terá direito ao adicional, tendo o seu valor atualizado a cada ano conforme o reajuste do benefício. Caso o segurado volte a trabalhar, a aposentadoria é cancelada automaticamente.

Quando o aposentado por invalidez pode receber o adicional de 25% do INSS?

Quando o mesmo sofrer de:

  • Cegueira total;
  • Perda de nove ou mais dedos das mãos;
  • Paralisia dos dois braços ou pernas;
  • Perda das pernas, quando a prótese for impossível;
  • Quando ocorrer uma perda de uma das mãos e de dois pés, ainda que a prótese seja possível;
  • Perda de um braço e uma perna, quando a prótese for impossível;
  • Alteração das faculdades mentais com grave perturbação da vida orgânica e social, ou seja, dificuldade em organizar o pensamento, o raciocínio e a tomada de decisões para fazer as atividades de vida diária e sociais sozinho;
  • Doença que o deixe acamado;
  • Incapacidade permanente para as atividades da vida diária.

Nos casos citados acima, o INSS irá conceder o adicional sem questionar.

Cabe enfatizar que a aposentadoria por invalidez é garantida quando o trabalhador vinculado ao INSS sofre algum tipo de incapacidade permanente ou sem cura, que o impossibilite totalmente de trabalhar e garantir a sua subsistência.

2ª parcela do 13º salário vai começar nesta quarta

Os segurados do órgão começarão a receber a segunda parcela do 13º salário do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) a partir desta quarta (25).

A princípio, conforme calendário oficial, o pagamento da segunda parcela do INSS acontecerá entre os dias 25 de maio e 7 de junho.

Os segurados que ganham acima de um salário mínimo, por sua vez, vão ter acesso ao benefício a partir do dia 1º de junho.

Seja como for, de acordo com dados do INSS, a primeira parcela contemplou cerca de 32 milhões de pessoas. Esse será o quantitativo que receberá a segunda metade dos pagamentos.

Sobre os pagamentos

Inicialmente, o Governo Federal liberou o pagamento do 13º salário no mês de março. Todavia, a medida anunciada não é uma novidade. Este é o 3º ano seguido em que os segurados do INSS recebem o 13º antes das datas tradicionais, ou seja, em agosto e dezembro.

Como nos pagamentos anteriores, os novos repasses ocorrerão em dois calendários, o primeiro para segurados que ganham um salário mínimo e outro para segurados que ganham acima de um salário. Todavia, ambos seguem a ordem do último número do cartão do benefício.

4/5 - (22 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

4 Comentários
  1. Ana Diz

    Minha mãe recebe pensão por morte de meu pai,ele sofreu AVC não anda nem fala direito ,ela tem direito aos 25%?

  2. Dayse Diz

    Gostaria de sabe sobre o loas da minha filha ..Foi dado entrada desdo ano passado e não tenho respostas

  3. Miriam santos disatana Diz

    Miriam santos disatana

  4. João Rodrigues Diz

    No caso de perda auditiva profunda(surdez unilateral). O segurado tetra direito ao acréscimo ?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.