Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

3.2/5 - (32 votes)

INSS 2022: Segurados receberão o 14º salário este mês?

O 14º salário foi criado para amparar os segurados do INSS diante a pandemia da Covid-19. Além disso, em 2020 e 2021 o Governo Federal antecipou o calendário de pagamento do 13º salário, o que fez com que ficassem desamparados no fim dos anos.

Aposentados, pensionistas e demais benefícios do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), aguardam até hoje a liberação do benefício emergencial, chamado 14º salário.

O Projeto de Lei 4367/20, está em trâmite na Câmara dos Deputados desde sua criação. A demora traz incertezas para os segurados que estão com expectativas de receber o benefício ainda neste mês de março.

O 14º salário foi criado para amparar os segurados do INSS diante a pandemia da Covid-19. Além disso, em 2020 e 2021 o Governo Federal antecipou o calendário de pagamento do 13º salário, o que fez com que ficassem desamparados no fim dos anos.

Veja também: Auxílio Brasil: usuários que entrarão em março não terão retroativo

Vale ressaltar que até o momento a proposta só recebeu o parecer favorável da Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados, onde ganhou alguns reajustes, ainda em novembro de 2021.

Na época, foi determinado pela Comissão, que o 14º salário seria pago de maneira retroativa em março de 2022 e março de 2023. Além disso, o valor do benefício foi fixado em um teto de até dois salários mínimos (R$ 2.224 em 2022).

Desta forma, quem recebe um salário mínimo do INSS, será contemplado com o valor mensal do benefício. No caso dos demais segurados, o 14º será proporcional à diferença entre o salário mínimo e o teto do concedido pelo instituto (R$ 7.087,22 em 2022).

14º salário em março de 2022

Como mencionado, segundo as novas determinações, a primeira parcela do 14º salário está prevista para ser repassado em março de 2022, ou seja, neste mês. Todavia, é improvável que isso aconteça, uma vez que a proposta ainda não foi aprovada no Congresso Nacional.

Acontece que o Projeto de Lei precisa passar por um processo para enfim entrar em vigor. Como o texto ainda se encontra na Câmara dos Deputados, após a sua aprovação ainda deve ser encaminhado ao Senado Federal.

Caso os senadores não incluam observações na proposta, o projeto poderá seguir para a sanção presidencial. Nesta etapa, o presidente Jair Bolsonaro ainda pode vetar o 14º salário do INSS. Contudo, é preciso aguardar as próximas movimentações.

3.2/5 - (32 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

7 Comentários
  1. ademir amaral Diz

    Que vergonha s Deus pra ter misericórdia desses políticos que só sabe prometer e não faz nada em benefício a uma idade só roubado nosso dinheiro suado e não faz nada aos aposentados e pensionista do INSS.

  2. Roberto Diz

    Vamos ver isto nas urnas .

  3. Osmar a Caetano de oliceira Diz

    Srs aposentados não podemos votar em nenhum política q está lá hoje vamos dar o troco nós somos muito , vamos votar em quem nunca esteve lá até hoje cambada de fdp .

  4. Marcia Diz

    Ano de eleição.Estamos de olho em quem ajuda,quem atrapalha e os que não fazem nada.
    Esse 14 salário esta sendo muito esperado e a hora que for liberado saberemos quem está á favor do povo e merecem o nosso voto.

  5. Drica Diz

    Kkkk verdade….povo idiota ficam enganando as pessoas…. pior que tem besta que acredita nisso

  6. Dja Diz

    Fazer a mesma coisa. Votar só quando receber benefício de direito.
    Dar o troco na mesma moeda.
    Não votar em ninguém.fdp

  7. María de Fátima Tavares da Silva Diz

    Veja só esse negócio de décimo quarto salário já virou piada então parem com isso, é melhor proibir esse anúncio

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.