Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Golpe da revisão dos dados do INSS: veja como se proteger

De acordo com o INSS, um novo golpe está tirando o sono de centenas de brasileiros. Veja como se proteger de mais essa fraude

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) lançou uma nota nesta quarta-feira (7) sobre a existência de um novo golpe. Dessa vez, os bandidos estão enganando pessoas prometendo atualizar dados de benefícios. Eles entram em contato e pedem dados pessoais dos beneficiários

De acordo com o INSS, essas pessoas entram em contato com beneficiários através de cartas, e-mails, telefonemas ou mesmo mensagens de aplicativo de celular. Eles se apresentam como funcionários do Instituto e informam que o cidadão precisa fazer a revisão dos dados para não perder o benefício.

Entre outras coisas, esse grupo também coloca uma certa pressão no beneficiário. Eles afirmam que se eles não fizerem essa revisão, irão acabar perdendo o benefício. E é justamente por isso que muita gente acaba caindo no golpe. Afinal, muita gente acaba temendo que isso aconteça de fato.

Quem passa pela fraude como esses usuários precisa denunciar o fato para os canais oficiais do INSS. Isso é um ato importante porque qualquer tipo de pista vai ajudar o Instituto e os setores de segurança a encontrarem a quadrilha e evitar que eles sigam cometendo crimes e fazendo vítimas pelo Brasil.

Além disso, o INSS afirma que é importante ir para a polícia e formalizar um Boletim de Ocorrência (BO). Eles dizem também que é necessário informar sobre o golpe para o banco em que a pessoa recebe o benefício. Esses agentes irão indicar qual a melhor maneira de proceder em cada um dos casos em questão.

Dicas para não cair no golpe

Aliás, na nota que o INSS divulgou, eles afirmam que o passo mais importante para escapar dos golpes é manter sempre os dados atualizados nos sistemas oficiais do Instituto. Em casos de dúvida, é só ligar para o número 135 ou ainda acessar o app Meu INSS.

“Caso alguém faça qualquer comunicação pedindo dados ou fotos em nome do Instituto, não atenda a solicitação, desligue a ligação e bloqueie o contato. O INSS nunca entra em contato direto com a pessoa para solicitar dados, nem pede o envio de fotos de documentos”, diz a nota.

“O INSS nunca manda links nem pede documentos pelo SMS. Sempre que o INSS convoca o cidadão para apresentar documentos, essa convocação fica registrada no Meu INSS e pode ser verificada também pelo telefone 135”, completam.

Usar canais oficiais

O INSS diz ainda que é importante sempre usar os canais oficiais do Instituto. Então em caso de qualquer tipo de dúvida ou de necessidade específica, é preciso procurar pelos sites, apps e contatos da autarquia.

“É bom saber que quando alguém liga para o telefone 135 ou é atendido pelo chat humanizado da Helô, o atendente pode pedir algumas informações. Esse é um procedimento de segurança para confirmar a identidade de quem telefonou ou acessou o chat”, afirmam.

Aos mais jovens, a dica é sempre prestar atenção na atividade dos mais velhos na internet. É que nem sempre as pessoas de mais idade possuem uma capacidade avançada de interpretação do universo online. Por isso, eles costumam ser as maiores vítimas.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.