Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Geografia: Características do rio Amazonas e seus afluentes

O rio Amazonas é o maior do mundo tanto em volume de água como em extensão. Encontra-se na América do Sul e possui aproximadamente 6.992 km. 

A nascente do Rio Amazonas é localizada no Peru, no rio Apurimac, na Cordilheira dos Andes. 

Desse modo, o assunto poderá aparecer em questões de vestibulares de todo país, assim como no ENEM, por isso, vale a pena ficar ligado, veja!

Introdução sobre o Rio Amazonas

O Rio Amazonas quando chega ao Brasil recebe o nome de Rio Solimões, na cidade de Tabatinga no estado do Amazonas. 

Ele segue seu fluxo até encontrar-se com o Rio Negro, nas localidades da cidade de Manaus, onde recebe o nome de Rio Amazonas. 

Dessa maneira, ele cruza o estado do Amazonas e do Pará, chegando até a sua foz, possuindo 300 km de largura no denominado Delta do Amazonas, entre o Amapá e o Pará. 

Quando adentra o Brasil, o Rio Amazonas está a sessenta metros de altitude e corta aproximadamente 3.000 km em uma área de extensa planície e depois deságua no Oceano Atlântico. 

Ademais, o Amazonas, passa em na Floresta Amazônica, uma das florestas mais tropicais do planeta. A flora presente na região possui a maior biodiversidade do mundo, com ao menos um milhão e meio de espécies catalogadas. 

Afluentes

A saber, o Rio Amazonas tem ao menos 1.100 afluentes formando a maior bacia hidrográfica do mundo, com aproximadamente 7.008 km. 

Ele faz parte dos territórios do Brasil, Peru, Colômbia, Bolívia, Equador, Guiana e Venezuela. Somente em solo brasileiro ele está presente nos estados do Acre, Amazonas, Amapá, Rondônia, Roraima, Pará e Mato Grosso. 

Ademais, o Amazonas possui afluentes em ambas as margens, permitindo então uma dupla captação de águas. 

Podemos citar, como principais afluentes do Rio Amazonas:

  • À direita: Javari, Purus, Madeira, Tapajós, Xingu, entre outras.
  • À esquerda: Iça, Japurá, Negro, Trombetas, Jari, entre outros.

Rio Amazonas – Pororoca

Compreende-se como pororoca o encontro do rio de grande porte com o mar, provocando o choque e um enorme barulho. 

Em decorrência disso, altas e fortes ondas são formadas, ocasionando a destruição ao longo do seu percurso, mudando as margens do rio, assim como, promove a destruição da vegetação ribeirinha.  

O fenômeno no Rio Amazonas, ocorre geralmente em outubro. Durante a pororoca as ondas podem chegar a 3 metros de altura, podendo alcançar até 50 km por hora. 


E então, você conhecia todas essas características sobre o rio Amazonas? Vestibulares, Enem e concursos podem trazer questões sobre o rio e você precisa ter estudado o assunto!

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.