Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

1/5 - (1 vote)

Franquias de doces e bolos: saiba tudo

Saiba por que investir nesse nicho e suas vantagens

As franquias de doces e bolos são muito tentadoras, afinal, quem não gosta de uma boa sobremesa, não é mesmo? Chega a dar água na boca! Por isso que hoje, nós vamos indicar por que investir nesse tipo de negócio tão promissor!

A empresa eCGlobal realizou uma pesquisa onde apontou que 16% da população brasileira come algum tipo de doce ou bolo todos os dias. Isso significa que o consumo diário é feito por aproximadamente 30 milhões de brasileiros.

Franquias de doces e bolos -- Reprodução Canva
Franquias de doces e bolos — Reprodução Canva

Como funcionam as franquias de doces e bolos?

Qualquer franquia de doces e bolos é um modelo de negócio que cede o direito de uso da marca, compartilha as operações, infraestrutura e marketing com as demais unidades.

Assim, a franqueadora oferece a estrutura, a logística, os fornecedores, equipamentos e receitas para que o franqueado produza uma réplica da unidade piloto.

Dessa forma, uma franquia de doces e bolos pode ser especializada na produção e venda de: donuts, cookies, rosquinhas, doces, sorvetes, gomas, chicletes, chocolates, tortas, pudins, bolos e entre tantos outros produtos.

Cada franqueadora possui o seu cardápio de doces e bolos já elaborado, o que determina quais os produtos que serão produzidos e comercializados. Além disso, existem franquias que oferecem todos os produtos e deixam a comercialização para o franqueado. Por outro lado, também existem algumas onde o franqueado produz as sobremesas em sua própria empresa e comercializa.

Normalmente, este tipo de negócio não exige muitos colaboradores: uma pessoa para o caixa, duas para atender no balcão e mais os funcionários que realizam o preparo das receitas.

Vale a pena investir em franquias de doces e bolos?

Considerando o potencial de lucratividade e a quantidade de possíveis clientes que podem consumir os produtos oferecidos, vale a pena SIM investir em franquias desse ramo saboroso tão amado.

Sem contar que, o custo do investimento inicial é baixo, se for comparar aos outros setores da área de alimentação. Além disso, o valor de produção dos produtos também é inferior, o que aumenta a lucratividade e a margem de lucro da unidade.

Outra grande vantagem, é que os produtos comercializados são pequenos e baratos. Isso faz com que os clientes tenham de ir até a unidade mais vezes para consumir.

Quais os principais cuidados que são necessários para abrir uma franquia de doces e bolos?

Em termos de modelos de negócio, a franquia de doces e bolos oferece as mais diferenciados opções. Entre as mais utilizadas:

  • Delivery: neste caso, o franqueado pode optar por realizar entregas por encomendas, ou seja, os pedidos são feitos com antecedência. Assim, os produtos são preparados a partir das encomendas realizadas. Não há desperdício de produção e é o modelo mais enxuto que existe neste mercado. O próprio empreendedor pode produzir e comercializar os doces.
  • Loja: para essa realidade o franqueado precisa de um local de grande circulação de pessoas, além de contratar colaboradores para auxiliar nos processos de produção e comercialização. Há opções de oferta de mais produtos, onde se pode até acrescentar bebidas, cafés entre outros itens no portfólio. Este modelo exige maior investimento, mas tem possibilidade de gerar maior lucratividade.

Goste do que está fazendo, sempre!

Outro cuidado que se deve ter, é que o empreendedor precisa gostar do ramo em que atua, uma vez que passará maior parte do seu tempo nele. Deve gostar dos produtos, de atender a clientela, de oferecer as novidades da unidade e se adaptar ao tipo de modelo de produção.

Por isso, é preciso analisar o seu perfil pessoal e a sua capacidade de investimento inicial, para que se encaixe perfeitamente no negócio.

Assim, ter uma franquia de doces e bolos exige do franqueado muita responsabilidade em manter a qualidade dos produtos da marca, além de dedicação e empenho para sobreviver dentro da grande competitividade existente no setor.

Quando se fala em doces e bolos, a primeira ideia é agradar as crianças, mas não são somente elas que fazem parte da clientela da unidade franqueada. É preciso apostar nos mais diferentes gostos dos seus consumidores, para atender às suas necessidades de guloseimas.

Afinal, não tem como negar que ao menos um tipo de sobremesa sempre faz parte do seu cotidiano. Seja depois do almoço, ou junto com um café!

Se houver muita dedicação e qualidade dos produtos, é bem possível que o empreendedor tenha um faturamento mensal entre R$ 30 mil e R$ 100 mil, o que é considerado muito lucrativo!

Assim, pense com carinho nessa possibilidade de franquia e projete um futuro doce para sua jornada! Certamente é um tipo de negócio que terá grande aceitação do público!

1/5 - (1 vote)

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.