Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Fim do auxílio abriria risco de fome extrema no Brasil, alerta ex-diretor-geral da FAO

José Graziano da Silva é considerado o "pai" do Fome Zero e fez alerta sobre fim do auxílio

José Graziano da Silva, ex-diretor-geral da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) fez alerta sobre o fim do auxílio emergencial no Brasil. De acordo com ele, o fim do programa pode abrir risco de crise alimentar parecida com as fomes extremas características do continente africano no século passado. Graziano é considerado o “pai” do Fome Zero.

Graziano deu entrevista ao UOL dias após ser anunciado o prêmio Nobel da Paz pelo combate à fome. Ela firmou que existe o risco do número de brasileiros com fome dobrar se o auxílio for cortado ou se seu valor não for suficiente para uma cesta básica.

Na avaliação de Graziano, o Brasil retornou ao Mapa Mundial da Fome por causa da crise econômica e pelo desmonte de políticas de alcance social. O ex-diretor-geral da FAO também anunciou a criação do Instituto Fome Zero no próximo dia 16 de outubro. A entidade focará no apoio à formulação de políticas públicas de segurança alimentar.

“Veja o caso brasileiro: antes da pandemia, essa faixa de pessoas mais vulneráveis já era de 15 milhões. Esse número pode dobrar facilmente se o auxílio emergencial for cortado ou o seu valor for insuficiente para comprar a cesta básica, especialmente no caso de se continuar a escalada inflacionária dos alimentos básicos, como se percebe atualmente”, disse ele.

16 Comentários
  1. Jano Diz

    Prescisamos de um novo presidente e de uma câmera de deputados também inéditos .
    Oque eles estão fazendo ? Nada nad
    Só se lembram o dia de receber seus milionários salários

  2. Luciana Estevam Rodrigues Diz

    Quero saber como fica situação de um pai com três filhos .,e mãe das crianças que recebe auxílio.pais são divorciado ,ela tem bolsa família.sendo assim o auxílio vai pra ela.o pai não conseguiu .ele é autônomo.

  3. Marcelo Silver Diz

    Isso é consequencias dos 16 anos investindo em campo de futebol hahaa
    Sério vcs se lembram do eneas? 15 anos atras ele previu tudo isso
    Não investiram no futuro do país agora aguenta

  4. jose Diz

    Verdade duro q ainda te muitos ingênuo que votaria nele o governo teria que ter um estoque de dólar pra lançar e fazer cair os preços mas não sabe de nada

  5. Diz

    #Ficaemcasa!

  6. Gorete Alves Diz

    Boa noite.Sou do mês de Janeiro e ainda não recebi a primeira parcela de
    $300.00. Olha que já estão sendo pago para os nascidos nos outros meses. E eu nada!

  7. Xabu Diz

    Só tem economista formado aqui nos comentários. Congelamento de preços, continuidade do auxílio sem planejamento. Banco Central tá perdendo em não contratar essa galera tão “enteligente”

  8. Pat Diz

    Com falou o icps o governo retorna um pouco dos impostos que pagamos mas ele tira de outro forma eu mesmo fui no mercado não comprei carne bovina esta um absurdo estou querendo que a classe média não come nem carne vermelha tudo esta caro

  9. Eunice Diz

    É muito claro o descaso do governo com o povo…..ele e seus filhos estão com a geladeira abastecida….enquanto, o povo desempregado, está passando GRANDES dificuldades.

  10. FABIO DE OLIVEIRA RIBEIRO Diz

    Com uma crise dessa governo libera apenas um salário mínimo do FGTS uma vergonha total

  11. Cleide de Jesus de Almeida n Diz

    Um absurdo o meu foi cancelado não tenho nada p comer e esposo é doente mental triste tudo isso 😥

  12. Benedito Diz

    Seria bom que esse auxílio chegasse aqueles que estão necessitando mesmo né é muito interessante viu

  13. Benedito Diz

    É muita gente com interesse nesse auxílio comendo por trás né isso

  14. Cristiane Rodrigues da Silva Diz

    Não sei de mais nada a gente que recebi o bolsa família não tem como usar o caixa tem para fazer compra por exemplo o meu final e zero

  15. Will Brazil Diz

    É Bolsonaro cumprindo o prometido: acabar com a pobreza… matando o pobre.

  16. ICPS Diz

    De nada vai adiantar liberar esse auxílio se o governo não congelar o preço dos alimentos e das coisas essenciais …..será o mesmo que jogar dinheiro fora. ….

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.