Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5/5 - (1 vote)

FGTS: O que fazer se o saque extraordinário não cair na conta?

As liberações do saque extraordinário do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) estão chegando ao fim. O penúltimo depósito ocorreu na última quarta-feira (8) e contemplou os trabalhadores nascidos no mês de novembro.

As liberações do saque extraordinário do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) estão chegando ao fim. O penúltimo depósito ocorreu na última quarta-feira (8) e contemplou os trabalhadores nascidos no mês de novembro.

Segundo o calendário de distribuição, os aniversariantes de dezembro terão seus valores liberados no dia 15. Vale ressaltar que os pagamentos começaram no dia 20 de abril com a intenção de beneficiar 42 milhões de pessoas.

Todo trabalhador com saldo disponível em suas contas vinculadas ao FGTS pode sacar até R$ 1 mil. Caso o valor nas contas seja inferior, a quantia será concedida integralmente. O depósito ocorre via Poupança Digital+, do Caixa Tem.

Aqueles que não possuem conta no aplicativo, o banco abrirá uma automaticamente em nome deles.

Como consultar o saldo do FGTS?

A consulta do FGTS poderá ser feita por meio do aplicativo do FGTS ou pelo Internet Banking da Caixa.

Pelo aplicativo:

  1. Baixe ou atualize o aplicativo do FGTS caso já tenha;
  2. Abra o app e clique em “Entrar no aplicativo” e clique em “Continuar”;
  3. Informe seu CPF, vá em “Não sou um robô” e, depois, em “Próximo”;
  4. É possível que o sistema solicite a identificação de imagens, selecione-as e vá em “Verificar”;
  5. Na sequência, informe a senha e clique em “Entrar”;
  6. Aparecerá uma mensagem com informações sobre o saque extraordinário do FGTS, clique em “Entendi”;
  7. Na tela inicial, vá em “Saque Extraordinário”;
  8. Em seguida, aparecerá quanto estará disponível para o saque;
  9. Clique em “Ver contas FGTS liberadas”, caso queira saber de quais contas o dinheiro será debitado;
  10. Para liberar o dinheiro, basta voltar à tela anterior e tocar em “Solicitar saque”;
  11. Para finalizar, clique em “Confirmar”.

Pelo site:

  1. Acesse o site;
  2. Na página inicial, vá em “Saque Extraordinário do FGTS” e clique em “Consulte aqui”;
  3. Informe o seu CPF ou o número do PIS;
  4. Clique em “Não sou um robô” e vá em “Continuar”;
  5. Caso o sistema solicite a identificação de imagens, identifique-as e vá em “Verificar”;
  6. Insira a sua senha e clique em “Continuar”;
  7. Feito isto, o sistema informará se você terá direito ao saque do FGTS e como ocorrerá o procedimento.

O FGTS não caiu na conta, o que fazer?

Caso na consulta seja constato que você será comtemplado e o valor não caiu na conta na data prevista conforme o calendário, será possível solicitar o saque diretamente. Também pode acontecer de o dinheiro não ter caído devido a problemas na criação da conta.

Nesse caso, é importante esperar alguns dias pelo processamento de dados após o trabalhador complementar as informações para solicitar o saque do FGTS. O procedimento pode ser realizado via aplicativo ou indo a uma agência da Caixa Econômica Federal.

Sou obrigado a sacar?

Não. O saque é facultativo ao trabalhador, ou seja, caberá a ele resgatar o dinheiro ou não. Caso o cidadão não esteja interessado em realizar o saque, deverá informar por meio do aplicativo do FGTS ou nas agências da Caixa a decisão.

Mesmo que o crédito tenha sido realizado na Conta Poupança Social Digital, o trabalhador pode, ainda assim, optar por desfazer o crédito automático, basta acessar os canais mencionados até o dia 10 de novembro.

Contudo, vale ressaltar que é possível apenas não movimentar os valores depois de creditados. Acontece que após o dia 15 de dezembro, os recursos serão retornados a conta do FGTS, devidamente corrigidos.

5/5 - (1 vote)

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.