Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

3.2/5 - (4 votes)

FGTS: valor do seu saque extraordinário ainda não caiu na conta? Saiba o que fazer

O saque extraordinário do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) de até R$1.000 segue sendo liberado para os trabalhadores em todo o país. Na última quarta-feira (8), a Caixa Econômica Federal liberou o pagamento para os nascidos em novembro.

Os nascidos entre janeiro e outubro já tiveram o dinheiro em suas contas em datas anteriores. Já os nascidos em dezembro receberão a partir do dia 15 de junho.

Auxílio de R$1mil: Quem pode sacar já nesta mês o microcrédito liberado

Antes de mais nada, é importante destacar que o saque dos valores poderá ser feito até o dia 15 de dezembro. De acordo com as regras do benefício, todos os trabalhadores que possuem conta do FGTS com saldo disponível têm direito ao saque. O crédito é realizado automaticamente na conta do Caixa Tem, em nome do trabalhador.

Caso o valor devido não tenha caído automaticamente, será necessário realizar a solicitação da liberação dos recursos. De acordo com a Caixa Econômica Federal, o bloqueio dos recursos pode ocorrer devido a alguns fatores. Entre os principais motivos para bloqueio, estão:

  • garantia de operações de crédito de antecipação do Saque Aniversário;
  • determinação judicial;
  • pedido de devolução de valor recolhido pelo empregador; e
  • dados inconsistentes.

Todavia, a Caixa confirma que os valores não estarão disponíveis se estiverem bloqueados na conta do FGTS.

Liberada consulta do PIS e do saldo do saque de até R$ 1 mil do FGTS

Consulta dos valores do FGTS

Como mencionado, o trabalhador precisa retirar o dinheiro até 15 de dezembro. Caso o saque não seja realizado, os valores retornarão para as contas do trabalhador vinculadas ao FGTS devidamente corrigidos.

A consulta do saldo do FGTS poderá ser feita pelo site e pelo aplicativo do próprio órgão, disponível para celulares Android e iOS. Veja como realizar o procedimento a seguir:

Consulta pelo site do FGTS

Em primeiro lugar, o trabalhador que preferir, pode consultar o saldo do FGTS através do site oficial do Fundo de Garantia. Através do endereço eletrônico, será possível saber se o cidadão tem direito ao saque.

Portanto, em caso de resposta positiva, ele também poderá consultar a data de liberação de crédito que será feita pelo Governo Federal.

Consulta pelo aplicativo

Pelo aplicativo, a gama de possibilidades é notadamente maior. O cidadão também poderá saber se há algum saldo em seu nome e também qual será a data do recebimento do benefício, em caso de resposta positiva. Além disso, o trabalhador também poderá consultar alguns dados básicos que estão disponíveis.

Através do aplicativo, o cidadão pode ainda informar que não quer receber o saldo do FGTS neste momento. Por fim, é possível fazer a solicitação do retorno do valor creditado para a conta do fundo.

Como pedir o saque do FGTS?

A princípio, não será necessário solicitar o saque, isso porque, o dinheiro vai ser disponibilizado automaticamente na conta do trabalhador no Caixa Tem. Todavia, caso o beneficiário não tenha uma conta no aplicativo, a Caixa Econômica abrirá uma em nome do trabalhador.

Em contrapartida, nos casos em que o trabalhador esteja com os dados incompletos junto ao Fundo de Garantia, será necessário acessar o aplicativo do órgão para completar as informações e pedir a liberação dos recursos. Saiba como realizar o procedimento:

  1. Acesse o aplicativo do FGTS, disponível para Android e iOS;
  2. Caso o sistema informe a necessidade de solicitar o saque, toque sobre a opção “Solicitar saque”, no botão laranja;
  3. Feito isto, clique em “Confirmar” para autorizar a abertura de conta poupança social da Caixa em seu nome. Essa é a única opção para receber os recursos do FGTS;
  4. Na sequência, aparecerá a seguinte mensagem: “A Caixa irá processar a solicitação e caso esteja tudo certo, o valor será creditado em sua conta”.

FGTS: Calendário

De acordo com o calendário, os saques continuarão sendo liberados até 15 de junho. Por outro lado, todos os grupos poderão sacar até dezembro, de acordo com informações do Governo Federal.

Veja o cronograma para os nascidos a cada mês:

  • Janeiro: 20 de abril
  • Fevereiro: 30 de abril
  • Março: 04 de maio
  • Abril: 11 de maio
  • Maio: 14 de maio
  • Junho: 18 de maio
  • Julho: 21 de maio
  • Agosto: 25 de maio
  • Setembro: 28 de maio
  • Outubro: 1º de junho
  • Novembro: 08 de junho
  • Dezembro: 15 de junho
3.2/5 - (4 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.