Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

FGTS extraordinário: cidadão ainda pode conferir saldo disponível em seu perfil

Segundo as informações oficiais, pagamentos do FGTS extraordinário já foram concluídos, mas período de consultas segue valendo

Nesta quarta-feira (15), o Governo Federal concluiu oficialmente as liberações extraordinárias do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Hoje é a vez dos trabalhadores que fazem aniversário no mês de dezembro. Mesmo depois da conclusão dos depósitos, o sistema de consulta aos saldos ainda está disponível.

Dessa forma, caso o trabalhador não tenha recebido nada, ele pode abrir o site oficial da Caixa Econômica Federal. Por lá, ele poderá não apenas consultar os valores que estão disponíveis em seu nome, como também conferir quais são as datas dos recebimentos. Assim, o cidadão pode saber quando recebeu o montante na sua conta.

Caso o cidadão queira um portal mais detalhado, ele pode realizar o download do aplicativo do FGTS. Por lá, também é possível conferir qual é o saldo que está disponível e a data de pagamento. Além disso, também é possível atualizar o cadastro, solicitar o retorno do dinheiro e até mesmo realizar a solicitação do saldo.

A Caixa Econômica Federal explica que a maioria das pessoas não precisa solicitar o dinheiro do FGTS extraordinário. No entanto, há casos específicos em que a solicitação se faz necessária. De toda forma, não é preciso se preocupar. Como dito, a solicitação também pode ser feita através do app do FGTS mesmo depois da conclusão dos pagamentos.

Prazo acaba em 15 de dezembro

Seja como for, é importante lembrar que existe um prazo para a movimentação do saldo de até R$ 1 mil do FGTS extraordinário. Trata-se do dia 15 de dezembro. Assim, é possível dizer que os trabalhadores têm seis meses para mostrar que querem a quantia.

Quem não movimentar a quantia até esta data limite, não poderá usar depois. Neste caso, o saldo do benefício será retomado para o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço para uma utilização em um outro momento específico.

Para quem não deseja usar o saldo agora, existe a opção de simplesmente não movimentar a quantia até o próximo dia 15 de dezembro. Assim, o Governo entenderá que o cidadão não quer o dinheiro naquele momento, e a quantia volta para o Fundo de Garantia.

O FGTS

O FGTS é um fundo do trabalhador que é liberado apenas em alguns momentos específicos. É o caso, por exemplo, de uma demissão sem justa causa. Neste caso, o cidadão poderá usar ao menos uma parte do dinheiro.

Há ainda outras situações. Normalmente, a Caixa Econômica Federal libera o saldo para uso quando uma determinada região sofre com os efeitos de um desastre natural, como por exemplo, a chuva.

É o que acabou de acontecer no estado de Pernambuco. Em visita recente, o presidente da Caixa Econômica, Pedro Guimarães, disse que o Governo pretende liberar um saldo para os moradores das cidades mais atingidas pelas fortes chuvas na região do Recife.

Recentemente, o Planalto também anunciou que os cidadãos poderiam usar ao menos uma parte do seu FGTS para comprar ações da Eletrobras. O Governo Federal já iniciou o processo de desestatização da empresa e os trabalhadores tiveram a oportunidade de usar a quantia para este fim.

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.