Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Falta de combustível pode acontecer no país; saiba em que situação

Será que é possível que o Brasil sofra  com uma falta de combustível? Ao menos é o que o presidente da Petrobras, Joaquim Silva e Luna disse, isso se o preço dos combustíveis no Brasil não aumentar. Fato este que poderia prejudicar muitos brasileiros. A entrevista foi dada para o jornal o Globo.

Ele também disse que a interferência nos preços “é uma coisa grave” e negou que o presidente Jair Bolsonaro interfira nas cotações finais, apesar de admitir uma pressão política em relação aos valores comercializados. “Pelo presidente da República, não. Ele nunca pressionou a Petrobras. Ele busca informações, mas entende perfeitamente”, disse o presidente da Estatal. 

“Se o preço for praticado artificialmente vai haver desabastecimento no mercado. Isso é uma coisa grave e séria que a gente tem que estar atento. Os valores precisam permitir que haja a importação do combustível”, relatou Silva e Luna.

Sobre a política de preços, o presidente da estatal ainda descartou a possibilidade dela ser alterada e deixar de seguir as cotações internacionais.

“A Petrobras não deixa faltar combustível no mercado, ela paga tributo, paga royalties e gera empregos. Essa é a grande contribuição que a empresa dá. Uma empresa robusta pode ajudar o país. Antes a empresa trabalhava seis meses por ano para pagar o juro da dívida. Passamos desse vale da morte. O governo está agindo. O presidente está preocupado e está agindo junto com os seus atores para encontrar uma solução”, disse o presidente da Petrobras.

Silva e Luna concordou que o  “o preço do gás está muito alto” e afirmou que isso é um dos reflexos dos altos custos das commodities.

Na semana passada, ele ainda disse que o aumento de preços da gasolina, apenas R$ 2 é responsabilidade da empresa.  “Entendemos que isso [aumento de preços] está com o governo, Ministério de Minas e Energia, [Ministério da] Economia e com a Casa Civil”.

Confira abaixo a relação de preços e custos de combustível e gás de cozinha  apontado pelo presidente da Petrobras na semana passada 

Preço da gasolina

  • Preço final: R$ 6,10 por litro;
  • Petrobras recebe: R$ 2 por litro;
  • Mistura de etanol anidro: R$ 1,03;
  • Distribuição e revenda: R$ 0,66 por litro;
  • Tributos federais R$ 0,69 por litro;
  • Impostos estaduais R$ 1,67 por litro;

Preço do GLP – gás de cozinha

  • Preço final: R$ 98,30 por botijão de 13 kl;
  • Petrobras recebe: R$ 46,90.
  • Envase, distribuição e revenda: R$ 36,80.
  • Impostos estaduais: R$ 14,60

 

Veja como ficam os gastos com transporte no Brasil com a alta do combustível

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.