Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

É falso que usuários do Bolsa Família não entrariam na prorrogação do Auxílio

Está se espalhando pelas redes sociais um post que afirma que o Presidente Jair Bolsonaro decidiu tirar os usuários do Bolsa Família do novo Auxílio Emergencial. A postagem afirma que isso aconteceria a partir do mês de julho. A informação é falsa.

De acordo com o post falso, o Governo teria decidido fazer isso por uma questão de gastos com o programa. É que em tese, o Planalto teria que pagar menos dinheiro se retirasse o público do Bolsa Família que está recebendo o Auxílio Emergencial neste momento.

Trata-se portanto de uma fake news. É certo que o Governo Federal ainda não deu muitos detalhes sobre a prorrogação do benefício emergencial. No entanto, não há dentro do Palácio do Planalto a ideia de retirar essas pessoas do projeto.

Dessa forma, o público do Bolsa Família que está recebendo o programa emergencial vai seguir pegando esse dinheiro até o final da prorrogação, independente do tamanho dela. Então se o benefício durar até outubro, por exemplo, essas pessoas seguem até este mês.

E quando o projeto chegar ao fim, independente de quando isso aconteça, esses usuários do Bolsa Família voltam para o seu programa original. E isso deve acontecer portanto de forma automática. Então eles não precisarão fazer nenhum tipo de cadastro para fazer o retorno.

Bolsa Família dentro do Auxílio

Vale lembrar que a regra geral para entrar no Auxílio era saber qual programa pagava mais. Então se a pessoa recebia mais no Bolsa Família, ficava por lá mesmo. Por outro lado, se esse cidadão ganhava menos, então migraria para o benefício emergencial.

De acordo com informações do Ministério da Cidadania, cerca de 14 milhões de brasileiros estavam recebendo o Bolsa Família antes da chegada do Auxílio Emergencial. Quando o programa novo estreou, cerca de 10 milhões mudaram de projeto.

Isso quer dizer portanto que hoje o Governo está pagando o Bolsa Família para apenas cerca de quatro milhões de brasileiros. No entanto, quando o projeto emergencial chegar ao fim, essas 10 milhões de pessoas deverão voltar para a situação anterior normalmente.

Valores

Ainda de acordo com o Ministério da Cidadania, o Auxílio Emergencial deste ano está pagando valores que variam entre R$ 150 e R$ 375. Segundo informações do próprio Governo, isso é menos do que eles estavam pagando no ano passado.

No entanto, ainda segundo o Ministério, a maioria do público do Bolsa Família está recebendo esse valor maior. Isso acontece porque boa parte desse público é formado por mulheres solteiras, ou pelo menos que se declaram como solteiras. Por isso, elas acabam ganhando mais.

O mesmo não acontece com os informais. Eles, que formam a maioria dos beneficiários do Auxílio, estão recebendo o menor valor. Pelo menos é isto o que está acontecendo com a maior parte deles. Esses valores deverão seguir os mesmos durante a prorrogação do benefício. Pelo menos é isso o que o Governo prevê neste momento. Eles deverão divulgar mais detalhes sobre esse projeto nos próximos dias.

2 Comentários
  1. Fabiana Alves Da Silva Diz

    Não sei porque mas o meu auxílio emergencial não saiu desde abril só tô recebendo o valor normal do bolsa família é só tem eu e meus dois filhos no cadastro

  2. Shirley Karina Henrique Diz

    Ainda bem que é fake, ja tava pensando como ia ser minha vida!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.