Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Direcione as suas metas pessoais através do planejamento financeiro

Direcione as suas metas pessoais através do planejamento financeiro e modifique hábitos de consumo. Veja dicas relevantes e adaptáveis!

O direcionamento do seu planejamento financeiro 

O planejamento financeiro pessoal pode ser um direcionamento para que você alcance suas metas, bem como, uma maneira de direcionar uma poupança. No entanto, é necessário que você se atente a alguns pontos para que possa iniciar um planejamento financeiro eficiente.

Mapeie a sua situação atual 

Primeiramente, você deve realizar um mapeamento sobre a sua situação financeira atual. Sendo assim, separe os seus custos fixos de seus custos variáveis. Ou seja, verifique em sua rotina quais são os gastos que você tem relacionados à manutenção da sua casa. 

Por exemplo, as contas de fornecimento de água, energia elétrica, telefone, aluguel, internet etc. Pois esses são os custos fixos. Já os demais gastos são seus custos variáveis.

Verifique possíveis ações e mudanças na rotina 

Geralmente os seus custos fixos podem ser reduzidos através de algumas ações relacionadas à economia doméstica, já os seus custos variáveis podem ser modificados de uma forma mais impactante.

Por exemplo, você pode trocar uma TV a cabo por um streaming, ou ainda, trocar um cartão de crédito tarifado por um cartão sem anuidade. Dessa forma, você direciona os valores economizados para a sua poupança, alimentando um hábito. 

Alimente o hábito da poupança 

A poupança como um hábito é fundamental nesse processo, já que ao direcionar valores irrisórios para sua poupança, você estará alimentando o hábito de guardar.

Assim sendo, conforme o seu planejamento for conduzido, a tendência é que você consiga direcionar valores cada vez mais elevados e fixos para essa finalidade.

Direcione as suas metas pessoais

Separe suas metas pessoais de suas obrigações financeiras. Esse é um ponto muito importante. Assim sendo, você pode direcionar valores para uma poupança com a finalidade de alcançar metas específicas.

Dessa forma, você poderá viabilizar uma reserva de emergência e alcançar seus objetivos ao mesmo tempo, ainda que seja algo possível apenas em longo prazo.

Insira acordos financeiros no seu planejamento financeiro

 Além disso, caso você esteja endividado, é importante que verifique a possibilidade de realizar acordos financeiros. Por exemplo, o Feirão Serasa Limpa Nome oferece descontos de até 90%.

Não crie um ciclo de endividamento ao tentar pagar as suas dívidas 

No entanto, faça uma análise e insira as parcelas dentro do seu planejamento financeiro. Já que você corre o risco de criar um outro fluxo financeiro negativo ao tentar pagar suas contas todas de uma vez. Por isso, você pode criar um outro planejamento específico para o pagamento de dívidas.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.