Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

DF Social: Distrito Federal começa a pagar o benefício

Desde sexta-feira (25), o governo do Distrito Federal (GDF) começou a pagar o benefício DF Social. São 51,52 mil famílias com renda per capita de até meio salário-mínimo que se inscreveram no Cadastro Único que recebem R$ 150 do governo.

O programa foi criado em dezembro objetivando ajudar as famílias que foram afetadas economicamente pelos efeitos da pandemia do covid-19.

 

Perdi o prazo para retirar o cartão, e agora?

O governo do Distrito Federal afirmou que aqueles beneficiários que, por algum motivo, perderam o prazo de retirada do cartão não precisam se preocupar em perder o benefício. Eles poderão receber via PIX ou pelo aplicatico BRB Mobile.

De acordo com Mayara Noronha Rocha, secretária de Desenvolvimento Social do DF, “As famílias que, por algum motivo, perderam o prazo para retirar o cartão do DF Social não precisam se preocupar. A partir de sexta (25), o beneficiário pode fazer movimentações bancárias via Pix pelo aplicativo BRB Mobile, pagar boletos ou sacar o dinheiro em qualquer posto do BRB Conveniência”.

 

Como faço para receber o DF Social?

  • Estar inscrito no Cadastro Único;
  • Não pode ter uma renda mensal superior a meio salário mínimo;
  • Ser correntista do BRB;
  • Morar no Distrito Federal.

 

Onde retirar o documento?

Se você perdeu o prazo para retirar o cartão, a partir do dia 3 de março poderá retirá-lo nas agências do BRB. No entanto, para saber o dia e o local exato para a retirada é necessário entrar no site do GDF Social. Em seguida, é só se dirigir à agência bancária indicada no site no dia especificado. É imprescindível ir portando documento de identificação com foto.

 

Como saber se estou entre os beneficiados do DF Social?

Simples. O site GDF Social informa se o cidadão está ou não entre os beneficiários do programa. Não há mistério, basta informar o CPF e a data de nascimento.

“Após esse procedimento, aparece mensagem na tela informando se a pessoa está ou não na lista. Caso seu nome não apareça no site, é preciso agendar atendimento no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) pelo 156 ou pelo site da Sedes, informa o GDF.

Avalie o Texto.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.