Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Crises de baixa autoestima: Por que acontecem? Como lidar?

Veja algumas dicas interessantes.

As crises de baixa autoestima podem causar efeitos intensos na vida de qualquer pessoa. Elas podem impedir que o sujeito tome decisões importantes; podem fazer com que a procrastinação apareça; e podem até mesmo atrapalhar as conquistas e os objetivos.

Por isso, no conteúdo de hoje nós vamos discutir alguns pontos importantes sobre o tema para que você possa trabalhar a sua autoestima no trabalho e nos estudos. Acompanhe.

Por que acontecem as crises de baixa autoestima no trabalho e nos estudos?

As crises de baixa autoestima podem estar associadas a diversos fatores. Isso porque cada sujeito é único e possui a sua própria história de vida e singularidades. Sendo assim, não podemos apontar uma única causa para esse tipo de situação. Em contrapartida, existem alguns pontos que podem ser mais comuns em diversas crises. São eles:

  • Comparação excessiva;
  • Pressão de chefe/professor ou colega;
  • Medo de repetir um erro do passado;
  • Bullying;
  • Ambiente tóxico;
  • Falta de autoconhecimento;
  • Síndrome do impostor.

Se você tem sentido a sua autoestima muito abalada, sugerimos que você continue acompanhando este conteúdo. Vamos lá?

Como lidar com as crises de baixa autoestima?

Lidar com as crises de baixa autoestima é fundamental pra resgatar a qualidade de vida e até mesmo a felicidade no trabalho e nos estudos. Veja algumas sugestões interessantes sobre o tema:

1- Mude o foco e a perspectiva

Quando perceber que a sua mente está sendo inundada por pensamentos que menosprezam você, tente mudar o foco. Pare de ficar dando atenção a uma pequena falha, e pense em outra coisa completamente diferente.

No começo isso pode ser difícil, mas à medida que você vai praticando, conseguirá “trocar” esses pensamentos intrusivos por outros mais positivos.

2- Não se compare com outras pessoas

Em hipótese alguma você deve se comparar com outra pessoa. Ninguém é igual. Ninguém tem a mesma história e os mesmos desafios. Por isso, nunca se compare com alguém e jamais se sinta menor ou ruim porque “o outro conseguiu e você não”. Isso é completamente injusto com a sua história e até mesmo com a história do outro.

3- Pense nas suas habilidades e vitórias

Quando estiver dentro das crises de baixa autoestima, comece a mentalizar as suas habilidades e vitórias vividas até aqui. Isso poderá lhe ajudar a perceber que mesmo diante de algumas “falhas”, você também é capaz de muitas coisas incríveis, assim como todas as pessoas.

E isso vale para todos os âmbitos pessoais e profissionais de sua vida.

4- Trabalhe os seus conhecimentos

Sabe aquelas habilidades que você tem bem apuradas? Pois bem, comece a dar uma atenção a mais para elas. Considere-as no seu dia a dia e desenvolva formas de potencializá-las e usá-las ao seu favor. Isso fará com que você sinta mais autoconfiança.

5- Converse sobre as crises de baixa autoestima

Embora a mudança de foco possa ajudar nas crises de baixa autoestima, é fundamental que você também fale sobre como se sente. Aqui você pode conversar com um psicoterapeuta ou com alguém que você confia. Afinal, a cura pela palavra é realmente verdadeira. Considere isso.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.