Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Contrarreforma: análise de questão de vestibular

A resposta da Igreja Católica

Contrarreforma: como cai no vestibular?

A Contrarreforma, também conhecida como Reforma Católica, foi a resposta criada pela Igreja Católica para as Reformas Religiosas, que aconteceram durante a Idade Moderna.

O tópico é muito cobrado por questões de história geral, principalmente dentro das provas dos vestibulares.

Assim, para que você consiga se preparar da melhor forma possível, o artigo de hoje trouxe a análise de uma questão de vestibular sobre a Contrarreforma. Confira!

Contrarreforma: questão de vestibular

(UNB) A Reforma Protestante rompeu com a unidade cristã existente na Europa e deu origem a uma reforma religiosa na Igreja Católica, a chamada Contrarreforma. A esse respeito, julgue os itens adiante.

a) O combate ao lucro e à usura, bases da vida comercial e financeira que se dinamizava ao final da Idade Média, mostrava o descompasso da Igreja romana em relação às transformações ocorridas na sociedade.

b) A ideias de Lutero centravam-se na salvação pela fé e na leitura direta e interpretação pessoal do Evangelho, além de contestarem a supremacia da Igreja sobre o Estado.

c) Exaltando o trabalho e a poupança na conduta humana, Calvino consagrava valores morais e políticos defendidos pela burguesia mercantil.

d) A Contrarreforma significou a tentativa da Igreja Católica de reorganizar-se com base em princípios liberais: abrandamento da hierarquia clerical, e da autoridade papal, tolerância quanto aos hereges e abandono de censura.

Análise:

A questão do vestibular da UNB pedia para o candidato julgar os itens como verdadeiros ou falsos.

Aqui, apenas a alternativa D é falsa.

Diante da expansão das Reformas Religiosas por todo o continente europeu, os membros do alto escalão do clero católica decidiram decidiram reafirmar os principais dogmas da Igreja, com o objetivo de fortalecer a instituição.

A Contrarreforma pretendia realizar a revisão de aspectos espirituais e administrativos da Igreja Católica para que, assim, fosse possível questionar e desmentir as ideias dos protestantes. Para isso, o papa Paulo III convocou, em 1545, uma reunião com as autoridades católicas. O encontro receberia o nome de “Concílio de Trento”.

Dessa forma, não podemos concordar com as afirmações presentes na alternativa D de que a Igreja teria, com a Contrarreforma, adotado princípios liberais, tolerantes e brandos. O que aconteceu foi, na verdade, totalmente o contrário, uma vez que a Igreja se tornou muito mais conservadora.

Todas as outras alternativas estão corretas.

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.