Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Conta de luz: Aneel confirma bandeira vermelha 2 em setembro; valor pode aumentar ainda mais

A conta de luz em setembro terá uma cobrança extra para os brasileiros. Isso porque a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) divulgou nesta sexta-feira (27) que a bandeira cobrada será a vermelha patamar 2. Em outras palavras, o preço extra da energia por cada 100 quilowatts consumidos por hora será de R$ 9,49 a cada 100 kWh.

Apesar do aumento de 52% que já aconteceu neste ano, a bandeira vermelha patamar dois pode subir ainda mais. A bandeira é a mais cara já cobrada até agora neste ano. A estimativa, de acordo com globo, é que o valor suba de R$ 14 a RR 15.

Desta vez, a justificativa tem relação com as “condições hidrológicas desfavoráveis”, causadas pela seca em maio nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN).

“Agosto foi mais um mês de severidade para o regime hidrológico do Sistema Interligado Nacional (SIN). O registro sobre as afluências às principais bacias hidrográficas continuou entre os mais críticos do histórico”, diz nota da Aneel enviada a Agência O Globo.

Com os principais reservatórios em baixa, a tendência é reduzir o volume produzido nas hidrelétricas e aumentar a geração por termelétricas – o que é um processo mais caro. “Essa conjuntura sinaliza horizonte com reduzida capacidade de produção hidrelétrica e necessidade de acionamento máximo dos recursos termelétricos”, diz.

O que são as bandeiras tarifárias da conta de luz?

As bandeiras tarifárias da conta de luz são uma cobrança extra e são um indicativo dos custos para geração de energia. Ou seja, quanto mais cara a geração de energia devido as termelétricas, mais cara deverá ser também a bandeira tarifária.

As cobranças extras são divididas em bandeira verde, amarela, vermelha e vermelha patamar 1. Confira abaixo:

  • Bandeira verde – não há cobrança extra;
  • (condições favoráveis de geração de energia).

 

  • Bandeira amarela – passou de R$ 1,34 para R$ 1,874 por 100 kWh consumidos;
  • (condições menos favoráveis de geração de energia).

 

  • Bandeira vermelha 1 – passou de R$ 3,971 para R$ 4,16  por 100 kWh consumidos.
  • (condições mais custosas de geração de energia).

.

  • Bandeira vermelha 2 – passou de R$6,24 para R$ 9,49 por 100 kWh consumidos.
  • (condições ainda mais custosas de geração de energia).

 

 

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.