Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Conta de luz e reajuste de 52%; descubra o quanto pode custar

Você está se perguntando sobre o novo reajuste da conta de luz? Quanto isso significa em valores? Será cobrado todos os meses? Saiba que a alta poderá ser diferente em cada mês. Leia este artigo até o final e entenda.

Reajuste na conta de luz

O valor de reajuste de 52% não será cobrado em todos os meses. Isso porque essa porcentagem não será adicionada ao cálculo da fatura da conta de luz, mas sim na bandeira tarifária.

Veja também: Como economizar no dia a dia 

Neste caso, o reajuste de 52% anunciado nesta terça-feira (29) pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) foi aplicado na bandeira tarifária patamar 2 – a mais cara estabelecida até agora.

Em outras palavras, o preço de cobrança extra da bandeira vermelha patamar 2 saiu de R$ 6,24 para R$ 9,49 a cada 100 kWh consumidos.

As bandeiras tarifárias podem variar de mês a mês o que indicara quais meses a conta de luz poderá ficará mais cara ou mais barata.

O valor de reajuste custará 5,45% em relação ao mês de junho.

Por exemplo, se você pagou R$ 100 na conta de luz em julho, com o reajuste deverá pagar cerca de R$105,45 em agosto.

O que são bandeiras tarifárias?

As bandeiras tarifárias indicam qual o custo da geração de energia e podem variar mês a mês, a depender do cenário para geração de energia. O anúncio é sempre realizado no final do mês pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel)

Dependendo do mês, podem significar uma cobrança extra. Por exemplo, suponhamos que a sua conta de luz desse R$ 50. Este valor poderia ainda ter uma cobrança extra se a bandeira do mês fosse a vermelha patamar 2.

Veja abaixo os valores e entenda cada uma das quatro bandeiras estabelecidas:

  • Bandeira verde – quando essa bandeira é acionada significa que o as condições para geração de energia estão favoráveis. Não há cobrança extra. 
  • Bandeira amarela – como a própria cor já supõe, podemos classificá-la como “atenção”. Neste estágio a geração de energia está com condições menos favoráveis.
  • Bandeira vermelha patamar 1 – nesta bandeira a energia tem condições mais custosas.
  • Bandeira vermelha patamar 2 – nesta bandeira a energia tem condições ainda mais custosas.

Valores das bandeiras tarifárias:

O reajuste nas bandeiras tarifárias da conta de luz impactou todas as bandeiras tarifárias com cobrança extra, veja o antes de e o depois de cada bandeira abaixo:

  • Bandeira verde – não há cobrança extra.
  • Bandeira amarela – passou de R$ 1,34 para R$ 1,874 por 100 kWh consumidos;
  • Bandeira vermelha 1 – passou de R$ 3,971 para R$ 4,16  por 100 kWh consumidos.
  • Bandeira vermelha 2 – passou de R$6,24 para R$ 9,49 por 100 kWh consumidos.

Quando a cobrança do reajuste da bandeira tarifária será cobrado na conta de luz?

Mesmo sendo anunciado nesta terça-feira (29), o reajuste da bandeira tarifária só será de fato sentido pelos brasileiros no mês de agosto.

O mês de julho, já anunciado com bandeira vermelha patamar 2, terá o reajuste, porém, a fatura só deverá ser paga em agosto pelos consumidores.

Isso acontece porque sempre você paga o consumo de energia do mês anterior.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.