Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Condições para receber o Abono PIS/Pasep 2022

Após ter sido suspenso em 2021, o pagamento do abono PIS/PASEP voltará a ser pago em 2022. Contudo, depois desse hiato sem pagamento algumas dúvidas podem pairar na cabeça do trabalhador que tem o direito ao benefício: teria o valor sido modificado? Quando vou receber? Como saber se vou receber o benefício?

 

Valor a ser recebido

Não houve nenhuma modificação nas regras acerca do valor que ainda é o máximo de 1 (hum) salário-mínimo conforme o valor do ano vigente, sendo que o trabalhador com carteira assinada recebe de acordo com a quantidade de meses trabalhados: se o valor fixado do salário-mínimo para 2022 é de R$ 1.212,00 logo, cada mês trabalhado tem o piso de R$ 101,00. Se o trabalhado trabalhou apenas 1 (um) mês de carteira assinada, receberá R$ 101,00, se 2 (dois) meses, R$ 202,00, e assim por diante.

 

Data para liberação do benefício

Não se sabe ainda a data, contudo, há grandes indícios de que o pagamento seja feito no mês de aniversário do beneficiário, como já acontecia no PIS. No caso do PASEP a organização do calendário dependia do final de inscrição do benefício.

 

Como ter certeza de que vou receber?

Nesse caso, o mais indicado é consultar o PIS/PASEP. A consulta é feita nos sistemas disponibilizados pelo Banco do Brasil e pela Caixa Econômica Federal.

 

Formas de consulta para o trabalhador do sistema privado

Se você trabalha no sistema privado, então deverá consultar o PIS pelos seguintes meios:

Site da Caixa Econômica;

App Caixa Trabalhador;

Agências da Caixa.

 

Consulta para o servidor público

Mas se você é servidor público então deverá consultar o PASEP. Os canais são:

Site do Banco do Brasil

App BB PASEP

Telefone: 0800-729 00 01

 

Como proceder?

Ao acessar os sites os APPs você deverá preencher algumas informações, dados pessoais como CPF ou número do NIS. Em geral também é necessário criar alguma senha de acesso ou fornecer os dados bancários. Esse último caso é o da Caixa.

Mas e se estou tendo dificuldades com o site ou o APP? Aí a recomendação é comparecer à agência física mais próxima de você. Como sabido, no caso de ser trabalhador privado, se dirigir à unidade da Caixa, e, se trabalhador do serviço público, à unidade do banco do Brasil. Porém, não se esqueça de levar os seus documentos pessoais e carteira de trabalho.

E se eu perder a data do saque?

Devemos lembrar que a data a ser estipulada para o saque é a data para a liberação do benefício. O trabalhador tem prazo de cinco anos para o saque. É só procurar a unidade da Caixa Econômica ou do Banco do Brasil para fazer a retirada do montante durante esse período.

Avalie o Texto.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.