Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Conceitos Básicos do Mercado Financeiro Para Novos Investidores

Quais são os conceitos básicos do mercado de investimentos?

Para começar a investir é necessário se atentar a alguns conceitos básicos que todo investidor deve conhecer para se amparar no mundo dos investimentos. O mercado financeiro possui termos próprios que são importantes para o novo investidor. Sendo assim, conheça alguns conceitos relevantes: liquidez, risco de mercado, retorno e diversificação.

Liquidez

A liquidez corresponde à facilidade e velocidade com as quais um ativo pode ser convertido em dinheiro novamente. Sendo assim, se refere a facilidade de resgate ou transferência de um investimento. 

Risco de mercado 

O conceito de risco equivale aos resultados das aplicações financeiras. Sendo assim, o risco de mercado se refere a variação no valor dos ativos que podem gerar perdas. Sendo assim, o risco se refere a diversas variações do mercado como cotações de câmbio, ações, commodities, taxas de juros e indexadores como os de inflação, por exemplo.

Retorno

O retorno se refere ao ganho do investimento. Sendo assim, o retorno sobre o investimento é a relação entre o dinheiro investido e o resultado do investimento. Essa relação também é conhecida como taxa de retorno ou taxa de lucro.

Diversificação

A diversificação, como se refere a palavra, se refere a dividir os recursos entre vários produtos do mercado financeiro. 

Pontos de atenção para diversificar seus investimentos 

Para diversificar seus investimentos é importante que conheça o seu perfil de investidor. Bem como, faça a análise do tempo de cada aplicação. Dessa maneira, poderá estipular o valor para investir em cada opção. 

É muito importante que equilibre os valores direcionados para cada investimento, de acordo com o seu orçamento. Por isso, conheça os ativos. 

Investimentos de renda fixa

São chamados de renda fixa os investimentos nos quais a forma de cálculo da remuneração é definido no momento da contratação, ou seja, desde o momento da aplicação. Para os investidores iniciantes essa é a modalidade mais indicada. São títulos de renda fixa: CDB, LCI/LCA, Poupança, Debêntures, Letras de Câmbio (LC), CRI/CRA, dentre outros.

Renda variável

São investimentos de renda variável os investimentos que possuem retornos que variam conforme o mercado. Sendo assim, em sua maioria, os títulos de renda variável possuem ligação com ações da bolsa. 

Por isso, são investimentos sujeitos às especulações e variações das empresas de capital aberto. São títulos de renda variável, por exemplo, ações, contratos futuros, ETFs, Commodities, Fundos Imobiliários, Fundos de Investimentos, dentre outros. 

É muito relevante para o investidor iniciante buscar conhecimento sobre os conceitos e sobre o funcionamento do mercado financeiro. Dessa forma, poderá diversificar suas opções entendendo melhor quais os riscos de perdas e ganhos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.