Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Como transferir o Auxílio Emergencial utilizando o PIX no Caixa Tem

Com a movimentação do Auxílio Emergencial pelo aplicativo Caixa Tem, as modalidades de transação digital ficaram ainda mais importantes. Nesse sentido, inclusive, houve a liberação do PIX para usar o benefício e pagar contas.

Assim, o crescimento dessa medida influenciou no cotidiano dos beneficiários.

Auxílio Emergencial e PIX geram crescimento de 178% em transações de Banco Neon

Primeiramente, a instituição financeira digital Neon registrou um crescimento de 178% nas transações de seus clientes durante o ano de 2020. Assim, até dezembro de 2020, os clientes haviam realizado mais de 32 milhões de transações em suas contas digitais da instituição.

Em seguida, em maio de 2021, o número cresceu ainda mais. A rápida adoção do PIX pelos brasileiros e o auxílio emergencial, que já injetou cerca de 322 bilhões de reais na economia brasileira durante o ano de 2020, explicam todo o processo de expansão.

Nos próximos dias, o banco, que vem focando cada vez mais em micro e pequenos empreendedores, irá executar a estratégia que levou a compra da startup de empréstimo consignado Consiga +.

Dessa forma, a ideia é de oferecer um maior número de serviços aos clientes Neon. O mesmo começa com uma conta digital e depois poderá oferecer crédito consignado a seus funcionários.

“O banco digital se consolidou na cabeça do consumidor”, diz Jean Sigrist, presidente do banco. “No começo, as instituições que atendem pessoas físicas tiveram destaque, mas agora o crescimento maior é das empresas. As pequenas sempre foram muito mal atendidas nos bancos tradicionais, não tinham acesso a crédito e, quando tinham, era com juros muito altos.”

Contudo, de acordo com integrantes da instituição, a ideia não é de copiar serviços que as instituições tradicionais oferecem, em tamanho menor, mas sim encontrar nichos para o desenvolvimento de produtos específicos.

Novas rodadas do Auxílio estimularam o uso do PIX

O PIX cresceu entre os brasileiros que receberam as novas rodadas do auxílio emergencial, de acordo com levantamento realizado pela Neon. Nesse sentido, segundo o banco, 85% dos clientes da empresa utilizou o método para a realização de movimentação de valores entre 6 de abril e 2 de junho.

Em seguida, o cartão de crédito aparece em segundo lugar com 85%. Além disso, mais de 40% dos usuários pagaram contas utilizando boletos. 31% recarregaram o telefone celular e 16% investiram parte do dinheiro.

Ainda de acordo com a instituição financeira, a maior parte dos beneficiários gastaram os valores do auxílio emergencial com compras no supermercado. Tal número representa 65% do total. Em seguida, estão serviços por assinatura, bares e restaurantes, transporte e saúde. Em menor quantidade, os clientes também gastaram com vestuário, moradia, lazer e cuidados pessoais.

Adesão do PIX por todo território nacional

Um estudo realizado pela Capterra, plataforma utilizada para busca e comparação de softwares, analisou a adoção do sistema PIX em todo território Nacional. Dessa forma, o estudo apontou que o número de usuários da ferramenta poderá aumentar consideravelmente nos próximos meses.

Ademais, de acordo com a pesquisa, cerca de 84% dos usuários se dizem dispostos a modificar a forma de pagamento. Assim, essa mudança se dá tanto para compras online quanto compras físicas, caso os estabelecimentos aceitem pagamentos via PIX.

“Com esta perspectiva, é interessante que o varejo (online e físico) foque em ampliar sua oferta de sistemas de pagamentos para suprir as demandas que surgem com o lançamento de novos métodos, entre eles o PIX”, explica Marcela Gava, analista responsável pelo estudo.

Atualmente, a maior parte dos usuários vincula sua chave PIX à sua conta-corrente, representando 66% destes. Além disso, aqueles que usam o sistema de pagamento instantâneo de 1 a 4 vezes por mês são 51%.

Como transferir o auxílio utilizando o PIX no Caixa Tem

Agora é possível transferir o auxílio emergencial por meio do PIX no aplicativo Caixa Tem. No entanto, para isso, é necessário cadastrar uma chave no sistema de transferências do Banco Central. Então, para criar a chave, basta abrir o aplicativo e seguir os passos a seguir:

  • Clique na opção PIX
  • Depois toque em “Vamos lá”
  • Selecione a chave que você deseja cadastrar (ela pode ser o CPF do usuário, seu RG, uma chave aleatória, telefone ou e-mail)
  • Após cria-la, escolha a opção Cadastrar chaves selecionadas
  • Informe a senha do Caixa Tem e aguarde e mensagem de confirmação

Assim, logo após receber a mensagem de confirmação, sua chave já estará cadastrada e já estará disponível para se utilizar. O PIX funciona 24 horas por dia e sete dias por semana, ou seja, o usuário poderá realizar todas a transações econômicas de forma rápida, simples e gratuita, podendo ser feita a qualquer momento.

Transferindo o Auxílio Emergencial utilizando o PIX no Caixa Tem

Após cadastrar sua chave PIX, entenda mais sobre a transferência dos valores do auxílio emergencial. Nesse sentido, é importante lembrar que a transferência por PIX não poderá se realizar para contas que possuam a mesma titularidade. Isto é, apenas será possível transferir para a conta de outra pessoa.

A medida em questão não serve para dificultar o processo de movimentação do benefício, mas serve como proteção aos cidadãos que recebem o benefício. Portanto, caso o beneficiário deseje, os valores do benefício poderão se transferir para a conta de alguma pessoa de confiança. Os valores das transferências caem instantaneamente na conta de sua escolha.

Aplicativo Caixa Tem

Indo adiante, além do recebimento do Auxílio Emergencial, existem diversas outras funções disponíveis no aplicativo Caixa Tem. O aplicativo também é útil para o recebimento do saque do FGTS, Auxílio BEm, Bolsa Família e Abono Salarial do PIS.

Como fazer um PIX

Seja para transferir o auxílio emergencial ou para realizar qualquer outra movimentação, a realização de um PIX pode ocorrer de forma bem simples. No entanto, se faz necessário lembrar que o sistema do Banco Central possui limite diário de R$ 1 mil para transferências.

Para realizar a operação, basta acessar o aplicativo de seu banco e escolher as opções seguintes:

  • Clique na aba “Pix”
  • Clique em “Pagar”
  • Escolha a chave Pix
  • Informe o valor que deseja transferir
  • Confirme os dados de pagamento
  • Se todas as informações estiverem corretas, digite sua senha

Logo após, o valor se enviará ao seu destinatário sem custos ou taxas adicionais pela operação.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.