Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Como ter motivação para voltar a trabalhar depois das férias

Conseguir ter motivação para voltar a trabalhar depois das férias pode ser um grande desafio. Algumas pessoas, naturalmente, se sentirão mais empolgadas do que as outras. E isso é absolutamente normal.

No entanto, existem alguns passos que também podem ajudar você nessa jornada. Listamos alguns deles a seguir. Acompanhe e entenda!

Como ter motivação para voltar a trabalhar depois das férias?

Antes de qualquer coisa, é importante você estar ciente de que não existe uma fórmula mágica de como ter motivação para voltar a trabalhar depois das férias. Cada pessoa é única e poderá lidar com o retorno de um modo diferente.

Por isso, acima de tudo, respeite as suas emoções, saiba se escutar e dê um tempo para si mesmo. Devagar e sempre é um bom caminho, afinal!

1. Comece aos poucos

Como dito acima, você pode começar devagar, desde que mantenha-se firme no seu propósito de retorno ao trabalho.

Em outras palavras, esteja pronto para ir retomando o ritmo aos poucos. Você não precisa ser super produtivo no primeiro dia de trabalho. Mas sim, pode ir desenvolvendo essa produtividade ao longo de uma ou duas semanas, por exemplo.

2. Planeje as suas próximas férias

Se você perceber que a desmotivação no trabalho está muito intensa, experimente fazer um plano prévio para as suas próximas férias.

Isso pode lhe ajudar a criar, na sua mente, a ideia de que o retorno está acontecendo, mas que isso não significa que você nunca mais terá férias. Mas sim, trata-se de um momento de recomeço, mas que terá momentos de pausa também.

3. Tenha um plano para o novo ano de trabalho

Que tal fazer um novo plano de carreira para si? Isso pode ser uma das melhores formas de como ter motivação para voltar a trabalhar depois das férias! Afinal, você terá novos sonhos, metas e objetivos para alcançar ao longo do ano. E isso poderá ser muito útil na sua rotina.

4. Aprenda algo novo que agregue no trabalho

Comece a desenvolver uma nova habilidade. Ela nem precisa ser super difícil, complexa e intensa. Pequenas coisas importam!

Portanto, pense em pequenas, médias e grandes habilidades novas que poderão ser adquiridas ao longo do ano de trabalho. E depois analise quais delas serão interessantes para a sua rotina e quais serão um bom caminho para a motivação.

Aprender é uma forma de se manter ativo e focado nos objetivos de longo prazo. Experimente!

5. Permita-se viver o “luto” do recomeço

Não queira demonstrar uma motivação acima da média, apenas para tentar agradar a alguém ou enganar a si mesmo. Mas sim, permita-se viver o luto do recomeço. Isto é, permita que as suas emoções de descontentamento venham à tona, e saiba ouvi-las.

Se você der voz para o que sente, poderá “gastar” essa dor e assim, aos poucos, restabelecer o equilíbrio emocional no trabalho. Afinal, “engolir” o que se sente pode ser prejudicial e pode fazer com que o descontentamento com o retorno perdure por meses.

Respeite-se e bom retorno!

Avalie o Texto.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.