Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

3.9/5 - (11 votes)

Como lavar edredom: dicas para deixar roupa de cama cheirosa e macia

Com o inverno chegando, saiba como lavar corretamente essa peça de cama tão importante

Quem zela pela qualidade das roupas e adentra o inverno, já está acostumado a lavar o edredom anteriormente para ter uma roupa de cama cheirosa e macia nesse período frio do ano. Aliás, por ser uma peça grande e pesada, é importante ter em mente que a higienização será diferente dos demais itens da máquina.

Portanto, o medo de deixar crescer mofo no tecido grosso ou de não secar bem e acabar com mau odor é frequente. Por isso, é importante ter cautela na hora de escolher os produtos de limpeza e sempre se atentar às recomendações do fabricante.

Confira como lavar edredom

Inicialmente, é essencial pensar com que frequência, é ou será o uso do edredom em questão. Se a predileção for por climas frios, a limpeza é recomendada duas vezes por ano. Mas, se permanece em uso ao longo do tempo, é necessário lavá-lo, no mínimo, a cada 3 ou 4 meses.

Além disso, como usualmente possuem uma camada de pelos ou algodão, uma sugestão é usar um aspirador de pó, para remover pó e poeira. Em seguida, estendê-lo em local arejado por algumas horas à luz do sol.

Para além dos cuidados pré e pós-máquina/tanque, lavar edredom não é uma tarefa difícil e previne a proliferação de fungos e manifestação de sintomas alérgicos.

Como lavar edredom: dicas para deixar roupa de cama cheirosa e macia
Como lavar edredom: dicas para deixar roupa de cama cheirosa e macia. Foto: Canva Pro

Ler as informações da etiqueta

A etiqueta de lavagem nunca deve ser ignorada, pois, é muito útil para realizar a manutenção do produto corretamente. Usualmente, há uma sequência de símbolos que indicam como é a higienização ideal e o que não deve ser feito. O primeiro ícone é uma bacia de água.

Isto é, não deve ser lavado com água se estiver com um “X” em cima. Além disso, preste atenção ao número dentro da bacia, pois, ele indica a temperatura máxima permitida.

Enquanto, o segundo desenho indica o triângulo que permite ou não o uso de alvejantes. Produtos recentes tem base de oxigênio e costumam não ser afetados. Por fim, a terceira imagem é um quadrado com um círculo e demonstra a possibilidade utilizar uma secadora.

Atentar-se à capacidade da máquina

O peso e o volume dos itens lavados não devem ultrapassar o limite do fabricante. Pois, isso evita danos ao eletrodoméstico e garante a limpeza adequada à roupa de cama. Num geral, a maioria dos modelos permite até 10kg. Consequentemente, comporta edredons que não sejam queen size ou king size. Para estes últimos é necessário ter uma máquina de, no mínimo, 15kg.

Lavagem do edredom

Após seguir os passos anteriores e colocar corretamente a roupa na máquina, sem pressioná-la, é momento de escolher qual sabão e amaciante você deve utilizar. A propósito, o mais indicado é escolher o sabão líquido, para evitar manchar e aglutinação da massa. Porém, no caso de preferir a substância em pó, a sugestão é diluir em água antes de jogar na lava-roupas.

Quando se quer colocar amaciante, é interessante depositá-lo durante o ciclo de “molho”. Dessa forma, é mais fácil para evitar mudanças na coloração ou maciez do edredom. Os modelos compostos por fibras sintéticas, comumente, apresentam uma contraindicação na etiqueta, porque a solução altera o formato do recheio da peça.

Secagem

Deixar o edredom totalmente esticado no varal ainda é a melhor opção quando se fala de secagem. Caso não tenha espaço suficiente em casa, você pode pendurá-lo dobrado ao meio e virá-lo ao longo do dia. Além disso, é indispensável que o ambiente seja arejado e permita a passagem de vento pelo tecido.

No entanto, se o ambiente não for muito ensolarado ou ventilado, a probabilidade de precisar de mais tempo para terminar o processo de secagem é maior, cerca de dois a três dias. Após isso, garanta que a peça tenha um local adequado para guardar e não fique malcheirosa por estar mal seca.

Guardar o edredom

Você deve conferir, primeiramente, se o armário está livre de mofo, poeira ou umidade. Isso pode impedir futuras alergias e diminuir a quantidade de vezes necessárias para lavar edredom durante o ano. Então, saiba que vale a pena colocar algumas pastilhas antimofo ou limpar o local com sabão neutro e álcool.

Em relação a possíveis insetos que possam aparecer, não é recomendável colocar pastilhas de “naftalina” nos cantos do armário, comum em casas mais antigas. Pois, isso agrega um cheiro desagradável à peça e tende a piorar o estado do algodão ou pelos da superfície.

3.9/5 - (11 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.