Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Como gostar de estudar? É possível gostar?

Será que é possível gostar de estudar? Entenda em nosso conteúdo de hoje!

Será que é possível aprender a gostar de estudar? Bem, acreditamos que sim. Até porque a arte de estudar não é imutável e não acontece de uma forma e “pronto”. Existem inúmeras maneiras de se estudar alguma coisa e, por isso, é importante saber avaliar quais dessas maneiras são mais interessantes para o seu perfil de estudante.

Por isso, de antemão já afirmamos: sim, é bem possível aprender a gostar de estudar, mas é necessário estar disposto a isso. Veja como mudar a sua visão sobre os estudos, acompanhando o texto de hoje.

Como gostar de estudar?

Para gostar de estudar é necessário estar pronto para essa mudança. Não adianta querer gostar se você não mudar a sua maneira de estudar, não é mesmo? Por isso, uma autoavaliação é fundamental, assim como a prática constante de autoconhecimento.

Entenda melhor com a ajuda dos detalhes que apresentamos logo abaixo:

1- Encontre o seu momento mais produtivo

Saber qual é o seu momento mais produtivo faz toda a diferença na maneira como você enxerga os estudos. Isso porque muitas vezes você pode estar insistindo em um horário que não é adequado para você, fazendo com que a sua produtividade seja baixa, o seu esgotamento mental apareça e você sinta cada vez mais aversão aos estudos.

Portanto, o primeiro passo é testar os momentos de estudos, até encontrar aquele mais condizente com o seu perfil. Para isso, estude de manhã, depois estude de tarde e à noite. Sempre testando em dias alternados, claro, até encontrar a melhor versão para você.

2- Diga para si mesmo que você gosta de estudar

Pare de ficar repetindo que você não gosta de estudar. Embora isso possa ser uma verdade no momento, ficar reforçando essa ideia apenas fará com que a sua mente sinta cada vez mais aversão às tarefas associadas aos estudos.

Sendo assim, comece a mudar o seu discurso sobre si mesmo. Diga que está começando a gostar de estudar, criando assim uma visão mais positiva sobre essa atividade. Foque mais no positivo.

3- Encontre formas diferentes de estudar os conteúdos

Não fique repetindo uma única maneira de estudar. Seja lendo ou só assistindo aulas, a monotonia pode surgir pelo simples fato de você não desafiar a sua mente. Por isso, comece a encontrar maneiras diferentes de absorver um mesmo conteúdo. Veja alguns exemplos:

  • Podcasts;
  • Mapas mentais prontos na internet;
  • Vídeos explicativos;
  • Leitura de artigos;
  • Leitura de livros;
  • Aulas com professores;
  • Discussões com os colegas;
  • Experiências; etc.

Quanto mais diversificado for o estímulo, mais prazeroso o estudo poderá ser.

4- Foque em um objetivo mais positivo, e não punitivo

Não veja o estudo como uma punição, do tipo “se você não estudar, não passará na prova”, mas sim, foque em enxergá-lo como algo positivo.

Isto é, entenda que os estudos são voltados a algo positivo para a sua mente, os seus conhecimentos, a sua carreira, etc. Entenda como uma atividade que é capaz de engrandecer você, e não como algo que deve acabar o quanto antes e que é extremamente negativo.

Acredite, essas pequenas mudanças de mentalidade já podem lhe ajudar a gostar de estudar. Faça o teste. 😉

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.