Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Como evitar o esgotamento mental durante temporadas de estudo

Estresse, cansaço, ansiedade e desgaste emocional são comuns em estudantes que têm uma rotina intensa. Os especialistas afirmam que, nos últimos anos, o número de jovens que desenvolveram doenças graves como depressão, por exemplo, aumentou muito. O isolamento social imposto pela pandemia da covid-19 agravou ainda mais essa situação. Além disso, trouxe diversos desafios de adaptação de rotina.

A Síndrome de Burnout, por exemplo, é um quadro clínico que se caracteriza por sentimentos de exaustão, pensamentos negativos, redução da motivação profissional e angústia. Ela diz respeito ao contexto ocupacional e não a experiências de outras áreas da vida. Embora seja um distúrbio associado ao mundo profissional, as pesquisas mostram que é possível identificar os mesmo sintomas em estudantes.

Nesses casos, a síndrome está ligada a carga horária excessiva de estudos e de demandas acadêmicas. Isso pode resultar em irritabilidade, insônia, e desânimo.

O que pode ajudar a evitar o esgotamento mental?

Há algumas ações que podem ser eficientes para evitar o esgotamento mental. A primeira delas é melhorar o gerenciamento do tempo. Para isso, crie um cronograma com equilíbrio. O ideal é listas as suas atividades por ordem de prioridade. Desse modo, você conseguirá distribuir bem as suas demandas ao longo dos dias. Além disso, é importantes que você respeite os seus limites. Se esforce para manter uma rotina organizada, pois isso vai trazer tranquilidade e irá aperfeiçoar seu ritmo de estudos.

É importante também estar atento a sua saúde física e mental. Por isso, ter uma boa alimentação, se exercitar e ter uma boa rotina de estudos faz toda a diferença. Além disso, não abra mão de momentos de descanso e de lazer. Eles são cruciais para aliviar sintomas psíquicos. No entanto, em caso de problemas emocionais graves, o correto é procurar ajuda de um profissional.  De acordo com a necessidade, será indicado um tratamento clínico para o quadro em questão.

E aí? Gostou do texto? Então deixe aqui o seu comentário!

Veja O que fazer se “der um branco” na prova? Veja 3 dicas.

Leia ainda Ata de reunião: o que é e como fazer.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.