Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Como controlar as emoções? Veja algumas dicas!

Reconhecer que nem sempre estaremos bem é uma forma de controlar as emoções de maneira positiva.

Controlar as emoções pode ser um verdadeiro desafio. Até porque, na realidade, não conseguimos controlar o que sentimos, mas sim, o que fazemos com o que sentimos.

Por isso, quando você pensar em ter um emocional mais controlado, lembre-se dessa premissa. Assim você já terá um caminho mais leve para percorrer.

Mas, de qualquer forma, também vamos apresentar outras dicas que podem ser úteis nesse processo de controlar o que se faz com o que se sente. Acompanhe para saber mais.

Como controlar as emoções?

Como dito acima, controlar as emoções não é algo garantido. Isto é, não podemos controlar o que sentimos diante das situações, mas sim, apenas o que fazemos diante do que sentimos.

Sendo assim, veja as nossas sugestões baseadas nesse ponto:

1- Reconheça que não temos o poder de impedir as emoções “ruins”

Leve em conta que não temos o poder soberano de impedir que as emoções “ruins” façam parte da nossa vida. Quando entendemos isso, passamos a reconhecer a importância da tristeza, da raiva e do medo, por exemplo. Se essas emoções não fossem importantes, elas não existiriam.

Portanto, entenda-as como algo valioso para o equilíbrio mental. E, a nível de reflexão, imagine uma vida sem nenhuma tristeza: como poderíamos mensurar a felicidade?

2- Aceite que nem sempre podemos controlar tudo

Repetindo o que já falamos anteriormente, lembre-se de que controlar as emoções não é algo 100% garantido. Do mesmo modo, outras questões da vida não poderão ser controladas, volta e meia.

É libertador reconhecer que não temos esse poder de controlar tudo, pois aceitamos os nossos limites e nossas falhas.

3- Saiba escutar e analisar melhor as suas emoções

Quando as emoções aflorarem nos eu dia a dia, pare para escutá-las e analisá-las. Isso vai lhe ajudar a entender melhor o que você está sentindo e porque está sentindo.

Com o passar do tempo, terá uma visão mais racional sobre as situações; perceberá as repetições e controlará melhor a sua forma de se portar diante das emoções.

4- Fale ou escreva sobre o que sente

Falar sobre o que sente é uma forma de criar uma descarga emocional muito poderosa. E o mesmo vale para a escrita.

Se você estiver se sentindo sobrecarregado, diante de uma emoção específica, “gaste-a” com palavras. Isso irá lhe ajudar a ficar mais leve.

5- Pratique o autoconhecimento para saber lidar melhor consigo mesmo

O autoconhecimento também é uma peça-chave para “controlar as emoções” de algum modo. Isso porque é através dele que você conhece os seus pontos fortes, fracos e limites. E tudo isso faz diferença na hora de você tomar atitudes diante de situações difíceis e que despertam emoções intensas.

Conhecer a si mesmo é dar margem para ter uma visão de mundo mais interessante, além de reconhecer os próprios limites e respeitá-los, diminuindo assim os gatilhos emocionais negativos.

Escute as suas emoções

Dê chance para as suas emoções serem ouvidas. Isso fará diferença em sua vida. Respeite quem você é e o que sente.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.