Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Como a saúde financeira afeta a saúde mental?

saúde financeira afeta a saúde mental de diversas formas. Quando estamos financeiramente equilibrados, tendemos a nos sentir mais tranquilos nesse sentido, com menos preocupações na área financeira da vida.

Em contrapartida, quando o nosso dinheiro se transforma em um problema, até mesmo a nossa vida profissional e acadêmica podem ser abaladas.

Por isso, neste texto trouxemos algumas considerações sobre essa relação próxima entre saúde financeira e mental. Continue lendo.

Como a saúde financeira afeta a saúde mental?

Mas afinal, como a saúde financeira afeta a saúde mental? Bem, de diversas formas! Abaixo listamos alguns impactos negativos que a saúde financeira abalada pode provocar em nosso bem-estar mental. Veja:

1. Ansiedade gerada pelas contas que não são pagas

Quem já passou por problemas financeiros sabe do que estamos falando. A ansiedade gerada por não conseguir colocar em dia todas as contas da família é algo que desgasta a rotina e o bem-estar.

2. A vergonha do desequilíbrio financeiro

Além de se sentir ansioso por não conseguir colocar em dia as finanças, vem ainda aquele sentimento de vergonha por conta dessa posição.

Infelizmente, o dinheiro faz parte da nossa sociedade. E a ausência dele pode causar desconfortos e timidez nas pessoas. Afinal, elas podem se sentir diminuídas por não conseguirem cumprir com os pagamentos pendentes.

3. Preocupação excessiva que atrapalha no trabalho, estudos, etc

Ficar se preocupando excessivamente com as contas a pagar ou as pendências em aberto pode fazer com que os estudos e o trabalho sofram impactos negativos. Isso ocorre porque o pensamento fica ancorado apenas no problema, dificultando a execução de tarefas.

Além disso, a preocupação excessiva pode, ainda, minar o interesse que a pessoa tem pelas suas atividades cotidianas.

4. Psicossomatização por conta das angústias

A a saúde financeira afeta a saúde mental a partir do momento em que a psicossomatização pode aparecer devido às angústias sentidas por conta do desequilíbrio financeiro.

Quem passa por problemas com as finanças pode se sentir mais “à flor da pele”, além de que se sente angustiado e desgastado. Mas, se essas questões não forem “colocadas para fora”, essas emoções se transformam em problemas no corpo, como crises de enxaqueca, problemas digestivos, etc.

5. Falta de foco e concentração

Assim como a preocupação excessiva, por si só, é um problema no trabalho e nos estudos, a mesma também promove a falta de foco e concentração.

O indivíduo passa a mentalizar apenas os seus problemas e dificuldades financeiras, sentindo-se diminuído e não conseguindo focar nas atividades que estão em sua frente.

Equilibrar a saúde financeira também é uma forma de cuidar da saúde mental

Sabemos que em tempos de crise é muito complicado garantir a plenitude da saúde financeira. Porém, está em nossas mãos buscar alternativas que nos auxiliem a lidar com a situação de uma forma mais emocionalmente equilibrada.

Lembre-se, afinal, que a a saúde financeira afeta a saúde mental profundamente. Portanto, pratique o autocuidado a partir da organização das finanças (na medida do possível) e impacte a sua saúde mental de uma forma positiva.

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.