Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Como a ansiedade afeta a vida profissional?

Entenda os efeitos da ansiedade na rotina de trabalho.

A ansiedade afeta a vida profissional de diversas maneiras, se porventura não for tratada e levada em conta.

Entretanto, é importante frisarmos que esses impactos não acontecem em qualquer tipo de “episódio de ansiedade”. Afinal, a ansiedade faz parte da vida do ser humano, e ela não é prejudicial se não for muito exacerbada.

Por isso, neste conteúdo nós vamos pensar juntos sobre os impactos da ansiedade intensa: aquela que tira o foco, a concentração e faz com que o futuro seja extremamente assustador.

Vamos lá?

Como a ansiedade afeta a vida profissional?

Quando não tratada, a ansiedade afeta a vida profissional de diversas formas diferentes. Veja alguns impactos provenientes desse problema:

1- Desmotivação diante dos prazos e metas

Ao perceber que os prazos e as metas estão muito sobrecarregados ou irreais, a pessoa que se sente ansiosa tende a ter uma certa desmotivação nesse cenário.

É como se, na mente dela, ela fosse incapaz de executar aquelas tarefas dentro daquele prazo. E isso pode fazer com que apareça a falta de desejo pela atividade.

2- A procrastinação pode aparecer

A procrastinação pode vir caminhando lado a lado com a desmotivação que elencamos acima. Afinal, se o prazo é visto como um inimigo, a pessoa pode deixar sempre para depois, como se isso fosse diminuir a “agonia” de ter que fazer a tarefa.

3- Diminuição da autoestima e autoconfiança

A autoestima e a autoconfiança também podem ser afetadas com a ansiedade em excesso. Isso porque o ansioso pode sentir que nunca será capaz de executar e finalizar algo importante, se vendo como alguém que “não sai do lugar”.

4- Dificuldades para lidar com trabalhos em equipe

Os trabalhos em equipe podem ser vistos, por uma pessoa ansiosa, como um verdadeiro pesadelo. Afinal, pensar em expor ideias, falar sobre o que pensa e planejar em conjunto, pode ser uma “tortura”.

Isso faz com que o sujeito fique cada vez mais excluído, fechando-se em seu mundo e evitando qualquer tipo de interação interpessoal.

5- Insatisfação com o trabalho como um todo

A ansiedade afeta a vida profissional como um todo, especialmente quando ela está muito acima da média.

O sujeito pode sentir que todo o seu trabalho é uma mola propulsora de dificuldades, desmotivação, esgotamento e insatisfação. E isso vai minando a sua saúde mental e, quando não levado em conta, pode escorregar para o corpo, nas chamadas “doenças psicossomáticas”.

Se estiver sofrendo de ansiedade no trabalho, busque ajuda

Se você se identificou com os impactos da ansiedade na vida profissional, não hesite na hora de buscar ajuda profissional.

Um psicólogo qualificado poderá lhe dar um auxílio nesse tipo de situação. Assim, você trabalha o seu autoconhecimento e busca formas de gerenciar as suas emoções e ansiedades de modo mais efetivo.

Não deixe o seu bem-estar para depois. Lembre-se de que negligenciar a ansiedade não é o mesmo que não tê-la. Na verdade, é apenas uma forma de fortalecê-la. Cuide disso!

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.