Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Cashback: Entenda como funciona e como utilizar

O cashback é uma prática nova que vem conquistando espaço entre consumidores do Brasil. A palavra vem do inglês e significa, literalmente, “dinheiro de volta”. Sendo assim, a palavra é utilizada como estratégia para aumentar as vendas da empresa e garantir a fidelização de clientes que utilizam esse recurso.

Para utilizar o recurso de cashback oferecido, basta fazer uma transação simples. O cliente se cadastra na plataforma que oferece o recurso e, sempre que fizer compras nas lojas parceiras, acumula um percentual de retorno sobre o valor pago.

Lojas também podem oferecer esse benefício, mas a maioria adere a uma plataforma que atua como intermediário da transação. O objetivo é estimular determinadas transações financeiras, como compras, que resultam em acúmulo de crédito ou pontos para compra de outros produtos para os clientes.

Isto porque a empresa intermediária de cashback ganha uma comissão por ajudar a conquistar o novo cliente e a loja ganha o potencial de aumentar as vendas, impulsionadas pela vantagem oferecida aos clientes de obter parte do valor gasto de volta.

Como funciona o sistema de “dinheiro de volta”

Como indica a tradução ao pé da letra, “dinheiro de volta”, o cashback não é como dinheiro grátis. Isso porque é necessário gastar primeiro para depois receber algum valor de volta, ou seja, o cashback é mais parecido com um sistema de reembolsos ou recompensas do que um formato de “distribuição de dinheiro”.

O cashback é estipulado em uma porcentagem do valor total da compra. Por exemplo, caso tenha uma oferta de cashback de 5% em uma compra de R$ 100, o valor devolvido ao consumidor seria de R$ 5.  O valor recebido de volta costuma variar entre 1% e 5% das transações, mas algumas transações podem oferecer recompensas extras para gastos em determinados estabelecimentos.

Porém, não existe uma regra para isso: algumas empresas podem oferecer até 100% do dinheiro de volta, caso queiram.

Já para os cartões de crédito, geralmente oferecem níveis variados de reembolso, dependendo do tipo de compra ou nível de transação. Esse percentual também pode variar de acordo com os hábitos de consumo, tipo de cartão e até o limite de crédito de cada um. Para clientes de cartões exclusivos, por exemplo, o percentual de cashback nas compras pode ser maior.

Cashback em cartões de crédito

Bancos e instituições financeiras oferecem programas de recompensa, como o cashback, com o intuito de aumentar a atratividade do cartão de crédito, mesmo com a cobrança da taxa de anuidade.

Um cartão de crédito com cashback, basicamente devolve parte do valor gasto para o cliente. Assim ele pode aproveitar esse benefício em qualquer compra. Um cliente que gasta um valor moderado por mês em compras do dia a dia, lazer ou, até mesmo, pagando contas pode obter uma boa quantidade de dinheiro de volta.

Por esse motivo, muitas pessoas centralizam os seus gastos no cartão que oferece cashback para aproveitar essa condição especial. Dessa maneira, um cliente de uma empresa de cartão de crédito que oferece o recurso pode gastar seu dinheiro da maneira que quiser e ainda acumular o valor para algo maior.

Por fim, o número de empresas que oferecem cashback está aumentando, o que favorece os clientes, que passam a ter mais opções de vantagens para escolher. Algumas empresas limitam o cashback somente a compras feitas pelo aplicativo, enquanto outros não estabelecem restrições. Portanto, é importante avaliar sempre o que é ofertado.

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.