Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5/5 - (3 votes)

Caixa vai liberar valores de até R$ 100 mil via empréstimo; veja como solicitar

A novidade também será oferecida aos cidadãos negativados, que também podem contratar outra modalidade de empréstimo já oferecida pelo banco, o “Crédito Penhor Caixa”.

Segundo o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, a instituição financeira lançará em breve uma nova linha crédito que terá o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) como garantia.

A novidade também será oferecida aos cidadãos negativados, que também podem contratar outra modalidade de empréstimo já oferecida pelo banco, o “Crédito Penhor Caixa”. Nela, os interessados podem penhorar objetos de valor, como joias, relógios, pratarias, entre outros itens.

Essa metodologia de crédito é ideal para os cidadãos que se encontram com o nome sujo no SPC e Serasa. Além disso, de acordo com a Caixa, a opção possui uma das menores taxas de juros aplicadas no mercado.

Como solicitar o Crédito Penhor Caixa?

O trabalhador interessado deve comparecer em uma agência da instituição portando documentos de identificação oficial, o comprovante de residência e o objeto que deseja colocar como garantia.

Feito isto, a Caixa fará uma avaliação considerando o valor do objeto penhorado para ser disponibilizado no contrato do empréstimo. Na sequência, serão definidas a quantidade de parcelas e valor.

Vale ressaltar que o cidadão deve procurar por uma agência que ofereça o serviço de avaliação de objetos para serem colocados como penhor, uma vez que nem todas as unidades são habilitadas.

Basta acessar o site da Caixa para conferir a lista com as agências que aceitam a forma de crédito. Com relação ao empréstimo que tem como garantia o FGTS, o valor a ser contrato será calculado pelo gerente da unidade conforme o saldo que o trabalhador tem disponível nas contas do fundo.

Garantia do FGTS

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), no qual a Caixa é gestora de pagamentos, também pode ser utilizado como garantia de pagamento do empréstimo. Neste caso, a inadimplência das parcelas é resolvida com a retirada direta do FGTS da quantia correspondente à dívida.

Nesse modelo, o valor concedido é de 10% do saldo disponível na conta do fundo e de 40% da multa quando há demissão sem justa causa.

A empresa, para solicitação, precisa ter aderido ao serviço. Neste caso, o cidadão deverá entrar em contato com o setor de Departamento Pessoal (DP) ou de Recursos Humanos (RH) para buscar mais informações.

5/5 - (3 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.