Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

4/5 - (1 vote)

Caixa vai liberar R$ 10 bilhões para concessão do microcrédito

De acordo com Pedro Guimarães, presidente do banco, o novo serviço será uma “revolução do mercado financeiro”.

O Caixa Tem, aplicativo criado pela Caixa Econômica Federal para viabilizar o pagamento do auxílio emergencial, oferecerá em breve uma linha de microcrédito para cerca de 100 milhões de brasileiros em situação de vulnerabilidade social.

De acordo com Pedro Guimarães, presidente do banco, o novo serviço será uma “revolução do mercado financeiro”. Os empréstimos serão variados entre R$ 200 e R$ 300, com taxas de juros reduzidas, similares as cobradas na antecipação do saque-aniversário do FGTS (1,09%).

Visando a reeleição no próximo ano, o presidente Jair Bolsonaro deve participar da divulgação do microcrédito do Caixa Tem. A expectativa é que os empréstimos sejam liberados a partir de novembro, após o encerramento do auxílio emergencial.

Além disso, com a nova linha, os usuários do aplicativo poderão pegar emprestado até R$ 3 mil. A Caixa informou que utilizará o seu próprio lucro para viabilizar a medida. Desta forma, serão investidos R$ 10 bilhões inicialmente, podendo ser ampliado para R$ 20 bilhões ao passar do tempo.

Com a liberação de benefícios, o aplicativo ganhou muitos usuários que precisaram baixá-lo para ter acesso ao dinheiro. Agora, será necessário que a Caixa esclareça que a nova proposta não se trata de um abono ou auxílio, mas sim de um débito.

Novo microcrédito será liberado em breve

Embora a Caixa Econômica Federal ainda não tenha publicado o regulamento da linha de empréstimos, a expectativa é que os contratos sejam de valores entre R$ 300 e R$ 3 mil.

O pagamento da dividida poderá ser efetuado dentro de 18 a 24 meses. Além disso, os interessados contarão com os menores juros do mercado. Vale ressaltar que o valor pré-aprovado de crédito deve variar conforme o perfil do cidadão.

Utilização do aplicativo

Considerando o fim dos dois programas sociais principais do país, a Caixa optou por manter o aplicativo em um modelo de banco digital. Com a possível extinção do auxílio emergencial e do Bolsa Família, a plataforma concederá novos serviços aos ex-beneficiários dos projetos.

Neste sentido, o microcrédito será apenas o início da transformação do Caixa Tem. Segundo o presidente da instituição, Pedro Guimarães, que o acesso ao serviço será facilitado. Dessa maneira, mais pessoas poderão contar com o recurso.

Além disso, a plataforma deve conceder cartões de crédito aos usuários e um empréstimo consignado voltado aos participantes do programa de transferência de renda, o Bolsa Família.

Logo, o crédito possibilitará que pessoas, de renda baixa, que muitas vezes não são aprovadas por bancos tradicionais para empréstimos pessoais, consigam de maneira fácil ter um dinheiro rápido em mãos.

“Sobre o novo Bolsa Família, a Caixa Econômica e eu estamos envolvidos na parte operacional, quem realmente está fazendo essa discussão é o Ministério da Cidadania com o Ministério da Economia”, afirmou Guimarães.

Veja também: Auxílio Emergencial 2021: Veja o calendário completo das últimas parcelas

4/5 - (1 vote)

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.