Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Banco digital permite transações via Pix utilizando o limite do cartão de crédito

A partir desta quinta-feira (11), os usuários do Digio, banco digital do Bradesco e do Banco do Brasil, poderão utilizar até 40% do limite do seu cartão de crédito para realizar pagamentos e transferências via Pix.

Os valores podem variar de R$ 50 a R$ 3 mil, porém, são usados na modalidade parcelada em até 12 vezes, com juros aplicados de 9,9% ao mês, porcentagem acima da média do mercado.

Por exemplo, um cliente que tenha um limite de R$ 1 mil no cartão de crédito, poderá utilizar até R$ 400 para realizar suas operações no Pix. No entanto, o valor utilizado virá parcelado na fatura do cartão com incidência de juros.

Como utilizar o limite do cartão para transações no PIX?

Para ter acesso ao parcelamento no aplicativo, confira o passo a passo a seguir:

  1. Acesse o aplicativo do Digio;
  2. Em “Minha conta”, selecione a opção;
  3. Na sequência, toque em “Pagar com Pix”;
  4. Escolha a forma de pagamento no menu “Como deseja pagar?”;
  5. Feito isto, selecione a opção “Parcelar no DigioCartão”;
  6. Informe o número de parcelas desejado e confirme a operação.

“Essa funcionalidade mantém a instantaneidade do Pix para os clientes efetuarem transferências mesmo sem o valor necessário na conta de maneira rápida, simples e sem burocracia, visto que o crédito já está pré-aprovado. Em breve, devemos ter outras faixas de juros aos clientes diante do desenvolvimento do produto financeiro. Nossa maior preocupação foi permitir o crédito de forma simples”, declara Marcelo Scarpa, diretor-executivo do Digio.

Juros acima da média do mercado

A taxa de juros de 9,9% ao mês, é a mesma cobrada no parcelamento convencional da fatura, sem a modalidade de Pix, e é uma das maiores do mercado. Em abril, dados do Banco Central indicaram que a taxa média de juros do parcelamento do cartão de crédito foi de 8,48% ao mês.

De acordo com o diretor executivo do Digio, a instituição financeira oferece aos seus clientes taxas de juros personalizadas para o parcelamento convencional do cartão de crédito. Sendo assim os juros aplicados abrange o risco de crédito em cada caso e o mesmo é feito com o parcelamento usando o Pix.

Cuidado com a inadimplência

Especialistas em economia e educação financeira aconselham os cidadãos a terem cuidado com o uso do cartão de crédito, que, muitas vezes acabam gastando mais do que realmente pode pagar no mês.

Segundo Scarpa, a liberação dos cartões do Digio passa por um rigoroso processo de análise de crédito para disponibilizar o limite mais compatível com o cliente. Ele ainda ressaltou que, a restrição de uso do limite do cartão para Pix, em 40%, tem o objetivo de evitar o endividamento.

“A partir do momento em que aprovamos o cliente para receber o cartão, entendemos que esse limite de crédito é sustentável e razoável para manter os índices de inadimplência em níveis saudáveis”, disse.

Veja também: Nubank: Saiba como aproveitar o cartão de crédito com “garantia”

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.