Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5/5 - (2 votes)

Banco Central: mercado de crédito de carbono

Confira os principais apontamentos feitos pelo Banco Central durante o Congresso Mercado Global de Carbono. Saiba mais!

Confira os principais apontamentos feitos pelo Banco Central do Brasil (BCB) durante o Congresso Mercado Global de Carbono – Descarbonização e Investimentos Verdes, promovido pelo Banco Central do Brasil (BCB) e pela Petrobras.

Banco Central: mercado de crédito de carbono

De acordo com o Banco Central do Brasil (BCB), o mercado de crédito de carbono é uma forma engenhosa de internalizar as externalidades. Conforme a divulgação oficial realizada pelo Banco Central do Brasil (BCB) na data desta publicação, 18 de maio de 2022, essa forma de internalizar as externalidades possibilita que cada país internalize os benefícios da redução de suas próprias emissões, contribuindo para maior cooperação.

O crescimento do mercado global de créditos de carbono

O mercado global de créditos de carbono vinha em um processo de crescimento, mas, após a crise financeira de 2008, se retraiu. Posteriormente, o mercado começou a se recuperar, em razão da recuperação da economia global e da demanda por uma economia mais sustentável, destaca o Banco Central do Brasil (BCB),

Foco nas questões ambientais

Conforme divulgação oficial, o desenvolvimento desse mercado tem avançado, e apresenta grande potencial de crescimento, em virtude do amadurecimento da sociedade em relação às questões ambientais; do aumento do rigor da regulação ambiental dos países; e do fato de que a abrangência da precificação ainda não é ampla.

Processo de influência de questões climáticas

O desenvolvimento do mercado de carbono se insere no longo processo de amadurecimento da sociedade em termos de questões climáticas.

As etapas do processo 

De acordo com o Banco Central do Brasil (BCB), esse processo ocorreu em etapas:

A 1ª etapa consistiu na demanda por produção de energia limpa (matriz limpa).

 A 2ª etapa na produção de alimentos respeitando o meio ambiente (agricultura limpa).

A 3ª etapa se caracteriza por investidores com políticas de governança para a questão ambiental, entre os quais podemos citar os fundos de investimentos e o mercado financeiro em geral.

O Banco Central do Brasil (BCB) destaca que essa terceira onda é a mais importante.

Importância da questão ambiental para o Banco Central do Brasil (BCB)

Conforme informações oficiais do Banco Central do Brasil (BCB), a instituição está ciente das crescentes preocupações com o desenvolvimento sustentável; bem como com os riscos sociais, ambientais e climáticos.

A relevância da questão climática

De acordo com o Banco Central do Brasil (BCB), a questão ambiental e climática, que há muito tempo é tema de grande importância na agenda internacional, ganhou um impulso ainda mais significativo após a pandemia causada pelo novo coronavírus.

5/5 - (2 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.