Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Auxílio Emergencial: veja quem recebe 6ª parcela nesta sexta, 1

De acordo com o calendário oficial do Auxílio Emergencial, mais um grupo recebe 6ª parcela nesta sexta-feira (1)

Mais um grupo de usuários deverá receber a 6ª parcela do Auxílio Emergencial nesta sexta-feira (1). Desta vez é a hora daqueles informais que nasceram no mês de outubro. De acordo com informações da Caixa Econômica Federal, o dinheiro está na conta digital dessas pessoas desde as primeiras horas da manhã.

Pelas regras do programa, esses indivíduos estão recebendo a quantia apenas de forma digital. Isso quer dizer, portanto, que elas só podem mexer na montante através de aplicativos como o Caixa Tem ou mesmo o Internet Banking. Por esses dois caminhos, é possível fazer uma série de procedimentos.

De acordo com a Caixa, dá para pagar dívidas em forma de boletos, por exemplo. Além disso, também dá para fazer compras online e até mesmo presenciais. Nesse segundo caso, no entanto, é importante prestar atenção porque nem todos os estabelecimentos recebem este tipo de pagamento.

Essas pessoas ainda terão a oportunidade de sacar o dinheiro desta 6ª parcela. Isso, no entanto, só vai acontecer a partir do próximo dia 18 de outubro. Vai ser portanto a partir desta data que esses usuários poderão se dirigir até uma agência para retirar a quantia em espécie. E a partir daí, eles irão poder fazer o que quiserem com o montante.

Nesta quinta-feira (30), o Governo Federal concluiu os pagamentos da 6ª parcela do benefício para aqueles usuários que fazem parte do Bolsa Família. Para as pessoas deste grupo, falta apenas o pagamento de mais um ciclo. Entre os informais, ainda faltam as liberações deste montante atual para os nascidos em novembro e dezembro.

Auxílio Emergencial

Depois de um hiato de três meses sem pagamentos, o Governo decidiu retomar os repasses do Auxílio Emergencial ainda em abril deste ano. Desta vez, no entanto, o programa chegou em uma versão reduzida.

De acordo com o Ministério da Cidadania, em 2020 o projeto atendia algo em torno de 70 milhões de pessoas. O valor base de pagamento era de R$ 600, mas isso podia chegar em R$ 1200 a depender do indivíduo que estava recebendo.

Este ano, no entanto, esses patamares caíram notavelmente. Agora, ainda de acordo com o Ministério, o projeto chega na casa de 35 milhões de brasileiros. Os valores caíram para patamares que vão de R$ 150 a no máximo R$ 375.

Prorrogação

Oficialmente, o que se sabe é que o Auxílio Emergencial deve chegar ao fim no próximo mês de outubro. Pelo menos foi isso o que ficou acertado pelo Governo Federal. Só que há a chance de mudanças neste sentido.

Em entrevista recente, o Ministro da Cidadania, João Roma, disse que algo em torno de 25 milhões de pessoas que hoje recebem algum benefício do Governo Federal passarão a não receber nada a partir de novembro.

Por isso, uma ala do poder executivo está tentando confirmar uma nova prorrogação para o Auxílio Emergencial. A ideia é que o programa acabe se esticando por mais seis meses, no mínimo. Isso faria os pagamentos entrarem por 2022.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.