Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

2.6/5 - (5 votes)

Auxílio emergencial tem pagamento retroativo hoje; veja como receber

O pagamento é referente a sétima parcela do benefício para os segurados que tiveram o depósito negado em outubro.

Beneficiários do Auxílio Emergencial receberão até esta terça-feira (30) uma parcela extra do programa. O pagamento é referente a sétima parcela do benefício para os segurados que tiveram o depósito negado em outubro. Ou seja, para aqueles que realizaram a contestação acerca da última parcela.

Veja também: Auxílio Brasil e o AUMENTO do número de usuários

O calendário oficial do Auxílio Emergencial foi encerrado no dia 31 de outubro, mas, os inscritos no CadÚnico e integrantes do Bolsa Família que fizeram a contestação no site da Dataprev terão acesso ao pagamento agora em novembro.

Vale ressaltar que o novo pagamento não se trata de uma prorrogação, e sim de uma restituição de valores para aqueles que têm direito. O depósito será realizado pelo Governo Federal, que já deu início ao Auxílio Brasil.

Este ano, os beneficiários estavam recebendo parcelas com valores variados, conforme a composição familiar. Sendo R$ 150 para pessoas que moram sozinhas, R$ 375 para mulheres chefes de família e R$ 250 para os demais.

Consulta do Auxílio Emergencial pelo CPF

Os cidadãos que contestaram a negativa do Governo Federal já podem consultar se terão direito a este novo lote. A verificação pode ser realizada por meio do número do CPF no site da Dataprev.

Na prática, basta preencher um formulário com o nome completo, número do CPF e a data de nascimento para conferir o resultado da análise.

O Auxílio Emergencial será prorrogado?

Vale salientar que para tornar a prorrogação do coronavoucher possível algumas expectativas do Governo Federal precisam ser anuladas, a destacar a aprovação da PEC dos Precatórios. A medida visa criar espaço no Orçamento da União de 2022 liberando recursos para o financiamento do Auxílio Brasil.

O novo programa social está substituindo o Bolsa Família. Com o dinheiro dos precatórios será possível que o presidente da república, Jair Bolsonaro, cumpra sua promessa de viabilizar mensalidades médias no valor de R$ 400 para cerca de 17 milhões de famílias em situação de vulnerabilidade.

Diante disso, somente se os planos para o Auxílio Brasil derem errado, o Governo deverá editar uma nova Medida Provisória para liberar mais uma rodada do Auxílio Emergencial. Todavia, apoiadores de Bolsonaro pressionam o chefe do Executivo a conceder uma nova prorrogação.

Isso porque, 2022 é ano eleitoral e o presidente da república pode ser mal visto considerando as mais de 20 milhões de pessoas desamparadas economicamente. Contudo, para saber mais sobre esse caso é preciso estar atendo as informações das próximas semanas.

2.6/5 - (5 votes)
13 Comentários
  1. Claudineia Alves Diz

    Meu cadastro está atualizado desde Março e so recebi tbm até outubro o auxilio Brasil

  2. Michele Diz

    Tbm n entendo..o meu auxílio tbm foi cortado já atualizei meu cadúnico mas n recebi nenhuma parcela do auxilio Brasil,o que será de nós mães chefes de família.vamos ter que tirar esse presidente de vdd

  3. Adelson Diz

    Também estou nesse mesmo barco, estou desempregado ja faz 3 anos, não tenho renda nenhuma para sobreviver, vivo de ajuda da família que lembra de mim de vez em quando, estava contando com a continuidade do auxílio emergencial, e pouco mais dava pra comprar o botijão de gás.

  4. Janilde Goncalves Diz

    Só Jesus na causa perdi o auxílio e até agora nada

  5. Janilde Goncalves Diz

    Ué eu recebi até outubro não tenho renda, nenhuma tomo medicamento fortes mandaram cadastrar no CRAS e agora não consta nada, não sei o que fazer mais

  6. Edmilson Diz

    Não tenho emprego como vai ser

  7. Lidia Pereira dos Santos Diz

    Oi boa tarde estou aqui para pedir ajuda sou uma senhora de 62 anos não tenho como trabalhar tenho borsite no dois quadril e dependendo do auxílio e não sou aposentada s,moro sozinha e pago aluguel se poderem ajude me desde agradeço

  8. Giselle Pereira Bueno Diz

    Nao sei o qie vou fazer sem p auxilio pois era quê eatava me ajudando sem rendanao seo o que vou fazer

  9. Conceição lopes02385@gmail.com Diz

    Não tenho um emprego a 2 anos… não sou aposentada… não tenho renda sulficiente pra pagar nem o aluguel … não fui contemplada com o auxílio Brasil…. Deus tenha misericórdia.

  10. Margarida Raquel Lirio Diz

    Eu preciso, estava contando com o auxílio para comprar alimentos e remédios que sempre faço.

  11. Ana Cleia Diz

    Auxilio deveria continuar, muita pessoas que precisam e mês natalino,muitas pessoas não tem nada, pra comer.etc.

  12. Genis ildefonso barbosa Diz

    E nós que não temos renda e para nós que não tem renda que foi cortado

  13. Rê jane Diz

    Rê jane Maria da Silva dos Santos

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.