Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

4.9/5 - (7 votes)

Estou sem emprego, mas não estou no Cadúnico. Recebo Auxílio Brasil?

Muita gente que está sem emprego, mas não está no Cadúnico quer saber como receber o Auxílio Brasil do Governo Federal

O Governo Federal começou neste mês de novembro, os pagamentos do seu mais novo Auxílio Brasil. De acordo com as informações oficiais, esse é o programa que está substituindo o Bolsa Família. Estima-se que cerca de 14,5 milhões de brasileiros estejam habilitados para receber o montante.

Mas mesmo depois do início dos repasses, muita gente ainda tem dúvidas sobre esses pagamentos. Uma dessas questões gira em torno das liberações para quem está sem emprego neste momento. Afinal, essas pessoas podem receber o Auxílio Brasil mesmo sem estar dentro do Cadúnico?

A resposta é não. De acordo com informações do próprio projeto do Governo Federal, quem não está no Cadúnico, não está elegível para o Auxílio Brasil. E aí não importa nenhuma outra variável. Você pode estar em situação de extrema-pobreza, sem emprego e sem perspectiva. O Governo não vai fazer esses pagamentos.

Para receber o Auxílio Brasil, o cidadão precisa estar no Cadúnico e além disso obedecer aos limites de renda. Recebem o programa aqueles que, além de estar nesta lista, estejam também em situação de extrema-pobreza, ou de pobreza desde que more com uma gestante ou um menor de 21 anos de idade.

As duas regras para receber o Auxílio Brasil:

  1. Estar no Cadúnico
  2. Estar em situação de extrema-pobreza ou de pobreza (neste segundo caso, é preciso morar com uma gestante, ou um menor de 21 anos de idade).

Não adianta só estar no Cadúnico ou só ser extremamente pobre. Para entrar no Auxílio Brasil é preciso atender a esses dois critérios de uma só vez. Pelo menos é isso o que as regras gerais dizem.

Entrada no Cadúnico

Uma boa notícia para as pessoas que estão sem nenhuma renda, mas que não estão no Cadúnico, é que elas podem entrar nesta lista. Para isso, é preciso entrar em contato com a Prefeitura da sua cidade o quanto antes.

De acordo com o Ministério da Cidadania, novas entradas no Auxílio Brasil acontecerão todos os meses. Isso quer dizer que as pessoas terão mensalmente a possibilidade de entrar no novo programa em questão.

Mudança nas filas do Auxílio Brasil

Outro ponto importante é que o relator da Medida Provisória (MP) que cria o Auxílio Brasil, o Deputado Federal Marcelo Aro (PP-MG) fez alterações no texto original do Governo. A partir de agora, as filas de espera não poderão mais existir.

Isso quer dizer, portanto, que se você se encaixa nos limites de renda do programa, basta entrar para o Cadúnico, para que você automaticamente tenha direito de receber o dinheiro do benefício. Ainda falta, no entanto, aprovar essa MP no Senado Federal.

PEC dos Precatórios

E além disso, o Governo Federal ainda precisa aprovar a PEC dos Precatórios. De acordo com o Ministério da Economia, esse é o texto que, se aprovado, vai abrir espaço dentro do teto de gastos para os pagamentos turbinados do Auxílio Emergencial.

A PEC dos Precatórios e a MP do novo Bolsa Família já passaram pela aprovação da Câmara dos Deputados. Neste momento, os dois textos seguem em tramitação no Senado Federal. Ainda não há definições sobre essas votações.

4.9/5 - (7 votes)
9 Comentários
  1. Silvana Diz

    E tudo um bando de ladrão

  2. Carlos Mardônio Diz

    Vou procurar o cad único pra fazer a minha escrição tenho receio por ser homem.
    Não sei se eles dão o benefício para homens.

  3. Antônio Ferreira Diz

    Esse auxílio imergencial e só pra família carente do governo

  4. Valdeci Diz

    Tudo golpe desse governo safado ladrão roubando pobre e dando prós ricos esse auxílio esmola e tudo enganação ao povo carente

  5. Ana Christina Gomes da silva Diz

    Tenho 50 ano , moro em casa de um desconhecido, que mim deu uma ajuda em sair da rua e não tenho renda pq estou desempregada, quero saber se tenho a possibilidade de recebe algo do governo , recebia bisa família fui bloqueada.

  6. Joel Paulino da Silva Neto Diz

    Joel Paulino da Silva Neto

  7. Walter Diz

    Esse rebanho de vagabundos da câmara e do senado deveria cair um meteoro em Brasília.

  8. Rosivania pereira dos Santos Diz

    Não consigo entender esse auxílio emergencial,uma hora o pobre vai receber o desempregado o estudante, depois muda tudo e só gestante e criança menor de 18 anos.quer saber vão tomar vergonha bando de ladrão , porque cada um dos ladrão que vive mamando dentro da câmara não tira a metade do salário que vcs ganham e divide com os pobres.

  9. Sandra Souza Felix Matos Diz

    Tenho 63 não tenho renda moro de favor na casa do meu ex marido.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.