Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Auxílio Emergencial: Nascidos em novembro podem sacar última parcela

De acordo com a Caixa Econômica Federal, trabalhadores informais e inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos no mês de novembro podem sacar hoje (18) a última parcela do Auxílio Emergencial. A 7ª parcela foi depositada na conta poupança social dos beneficiários no dia 30 de outubro de 2021.

No mês de outubro a Caixa finalizou os depósitos da sétima e última parcela do Auxílio Emergencial aos beneficiários. Desse modo, em novembro estão sendo liberados os saques em espécie dos recursos disponibilizados. Amanhã (19), os beneficiários nascidos em dezembro poderão sacar o auxílio.

Na última prorrogação do Auxílio Emergencial os cidadãos poderiam receber R$ 150, R$ 250 ou R$ 375. O valor a ser recebido dependia do núcleo familiar de cada beneficiário. Além disso, é importante lembrar que o prazo para movimentação dos recursos é de 120 dias. Se o dinheiro não for movimentado no período, ele volta para os cofres públicos.

Entretanto, os beneficiários podem optar por não sacar o dinheiro. Ao invés disso, é possível fazer transações por meio do aplicativo Caixa Tem. No App da Caixa, os trabalhadores podem pagar contas domésticas como água, luz e internet.

Além disso, também podem ser feitas diversas compras online por meio do QR Code ou cartão virtual gerado no aplicativo. Sendo assim, com o App existe a facilidade de fazer compras em mercados, farmácias e em diversas outras lojas.

Novo programa social do governo federal

O novo programa social do governo federal, Auxilio Brasil, trata-se de uma reformulação do programa Bolsa Família criado durante o governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Apesar disso, as reformulações do programa feitas pelo governo Bolsonaro marcam o fim do Auxílio Emergencial, criado durante a pandemia de Covid-19.

Segundo o governo federal, as principais alterações no programa são “centralidade da emancipação das famílias, a simplificação dos benefícios e a introdução de novas modalidades de benefícios, relacionados a esporte, pesquisa, primeira infância e inclusão produtiva rural e urbana”.

O Ministério da Cidadania esclarece que para participar do Auxílio Brasil, é preciso estar inscrito no Cadastro Único e manter os dados atualizados. Contudo, apenas o cadastro não garante que as famílias terão direito ao benefício. Para ser selecionado, é necessário atender a todos os requisitos do novo programa.

As famílias podem atualizar seus dados pessoais em um Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), em postos de atendimento do CadÚnico, e também em postos de atendimento do Bolsa Família, atual Auxilio Brasil

Caixa altera horário de funcionamento com o fim do Auxílio Emergencial

Para conseguir atender a população durante o pagamento do Auxílio Emergencial que tem sido feito desde 2020, a Caixa Econômica Federal precisou alterar os horários de funcionamento de suas agências. Atualmente, as agências funcionam das 8h às 13h.

Com o fim do Auxílio Emergencial, a instituição informou que deve voltar a funcionar em seu horário regular. Desse modo, a partir do dia 23 de novembro de 2021 as agências Caixa voltarão a funcionar das 10h às 16h na maioria das cidades brasileiras.

Avalie o Texto.

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.