Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

4/5 - (14 votes)

Auxílio emergencial com valor de R$600 é pedido por deputados

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) Emergencial que viabiliza o pagamento do novo auxílio emergencial foi aprovada por votações em 1º e 2º turnos no Senado Federal. A PEC possibilita que o orçamento do programa fique fora do teto de gastos do país. Esta semana, passará por votação na Câmara dos Deputados.

O pagamento do benefício resultará num custo de aproximadamente R$ 44 bilhões, uma quantia bem menor comparada à dívida do ano passado. Isso porque, o governo pretende reduzir o número de beneficiários, bem como o valor por parcela. Novos cadastros serão inviáveis, e do grupo que foi ajudado no ano passado permanecerão apenas os que se encaixam nos novos critérios.

Na discussão, vários deputados defendem um valor de R$ 600 para as parcelas do benefício. O valor médio atual está em R$ 250, o que causou descontentamento entre os parlamentares.

Caso ocorra mudanças na PEC pela Câmara dos Deputados, o texto precisará retornar ao Senado Federal para uma nova votação. Neste momento, o Deputado Federal Paulo Guedes, pede a volta do Auxílio Emergencial de R$ 600.

Outro deputado vem apoiando Paulo Guedes nessa ideia, o deputado federal, Ruy Carneiro. Ele argumenta que há um número muito grande desempregados em decorrência a crise, além do acréscimo no valor de produtos essenciais.

Em relação ao orçamento para o custeio do auxílio, o deputado Odair Cunha critica o valor limite para a nova rodada, alegando que o governo está querendo investir pouco no programa.

O Deputado Rogério Correia, afirma que o governo deve liberar um valor mínimo de R$ 600 para que as famílias consigam ao menos comprar suplementos e gás para se alimentarem. Ele conclui salientando que o Sistema Único de Saúde (SUS) também sofrerá sem os recursos dos ajustes fiscais da PEC.

4/5 - (14 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

12 Comentários
  1. Francisleide luiz Reis Diz

    Tem que ser r$ 600 de 1.200 para mãe solteira porque arroz tá gás caro energia tá caro tá aluguel tá casa tudo caro minha gente tem que ser 1200 e 600

  2. Juliana da Silva Bezerra Diz

    Tem que ser disponibilizado um novo cadastro pois muitos pais e mães de família perderam seus empregos após o primeiro cadastramento do auxílio, e tem que haver maior rigor das pessoas que realmente precisam, conheço inúmeras pessoas (até com carteira assinada) que receberam todas as parcelas do auxílio, tirando assim a chance de quem mais necessitava e necessita .

  3. Maria Diz

    Eu acho que deveria ter uma lei
    obrigando as aces e agente de saude
    Fala as verdade porque elas sab. Quem sao e quem não são Mãe solteira
    70%das Mulheres receberam indevidamente
    Tendo Maridos
    Casadas
    Juntas com parceiros e as acss e agentes d saúde sab.cada uma delas
    Eu sou mãe solteira desempregada denho bb de um ano e tem dia que falta ate Leite do bb
    Em quanto muitas recebe indevida mente
    Outras como meu caso sofre vendo seus filho pasarem dificuldade 😒😞😏

    1. Luiz Diz

      Que pena moça mais eles não tão nem se pra ninguém eles querem mesmo é quem morrem mesmo .

  4. Francisca Constantina da Costa Diz

    Eu. Moro em Belém do Pará meu último emprego em casa de família de carteira assinada foi em2018 .
    Quando anuciaram o pagamento do abonu salarial corri pra caixa econômica Federal oba vou recebe meu abono salarial. Passei o dia inteiro com fome e com sede ,porque eu não tinha um centavo ,pra chegar até a caixa econômica Federal eu pedir carona pro motorista .as15horas chegou minha vez .
    Quando apresentei meus documento.ai o a atendente me diz que como empregada domestica não tenho direito a receber o abono salarial.
    Sai de lá desorientada .pra finda estou até hoje sem emprego e renda nem uma tou vivendo de prato de comida de um e de outro já mandei currículos pra todos os lugares que tem uma vaga mais quando vem minha idade dá uma desculpa e me dispensa sem ajuda do auxílio se eu não marre de covid19 e de fome porque não sei o que fazer.
    E esse políticos ainda que pagar 250 reais não paga nem água e a luz tem que ser mínimo de600reais

  5. Cintia Diz

    Espero que quem ficou desempregado depois do meio do ano,como eu!que fiquei desempregada em nov/2020 possa fazer o cadastro e receber….sou mãe solteira 😑

  6. Jorge Caldas Diz

    Deve voltar o auxílio de 600 reais. A pandemia tá muito maior do q há uma ano atrás, e tivemos esse valor. Então, por que não agora?

  7. Silvana Lourenço Diz

    Devemos lutar pra voltar o auxílio pois estamos
    Lutando pra sobreviver
    Porque tudo está a preços absurdos
    E 250,00 não vai ser suficiente pra amenizar a nossas nessecidades
    Governos e Presidente e ministro
    Queremos a volta do auxílio de 600,00
    Pois é o mínimo que vcs podem fazer pelo povo Brasileiro
    Porque vcs mesmo não sobrevive com esta misseria
    Vcs estão comendo do bom e do melhor e morando em seus palácios
    E quanto nos trabalhadores estamos passando
    Por todo tipo de humilhação e pobrezas
    Que sei que vcs naot sabe o que é isto
    Nosso Brasil está a mercê de uns governantes corruptos que só pensa em vcs próprios 😡😡😱

  8. Manoel Francisco de jesus Diz

    O QUE EU ACHO E QUE 600 AINDA É POUCO. PORQUE TUDO ESTÁ MUITO.
    QUANTO CUSTA UM QUILO DE CARNE? 40 REAS. GÁS UM ABSURDO.

  9. Maria de Fátima Felipe Da Silva Diz

    comsertesa eu acho muito bom para nós que tá sem emprego

  10. João Aparecido de Almeida Diz

    Só espero que eu esteja neste alxilho emerguecinsl por que só recebi as parcelas de 600 reais agora aquela de 300 reais não peguei por não estava na bolsa família e eu estou desempregado desde de 2012 e não concagui nenhum serviço registrado e vivo de bico vendendo açaí na praia e agora ela está paralisada estou sem ganho menhum e tenho uma filha de 17 anos no terceiro ano de escola e não recebi nenhuma cesta estudante que teve no ano passado com a pandemia estou devendo 3 meses de aluguel e não tenho de onde tirar estou quase pegando minha esposa e entrar debaixo de um viaduto pra morar com conta de luz e água pra pagar

  11. FLAVIO ROMARIO FERNANDES PINTO Diz

    E UMA POUCA VERGANHA UM DESSEMBREGADO PRECISANDO DE AJUDA E O GOVERNO FEDERAL QUERENDO DAR UM VALOR DE MISÉRIA PARA UM CIDASAO E MÃE E PAI DE FAMÍLIA PRECISANDO DESSE AUXÍLIO DE R$600,00 REAIS QUE AINDA NÃO DÁ PRA NADA. . . MAS AJUDA PELO MENOS COMPRAR UM GÁS DE COZINHA E COMIDA. E EU QUE PRECISO DE R$ 490,00 REAIS PARA PAGAR MINHAS CONTAS JÁ QUE ESTOU DESMPREGADO E GANHO COMO UM TRABALHADOR A VULSO POR DIA E QUANDO NÃO TEM SERVIÇO NÃO GANHO.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.