Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

4/5 - (1 vote)

Auxílio Emergencial: 7ª parcela é confirmada e começa em duas semanas

A Caixa Econômica Federal  faz nesta segunda-feira, 04 de outubro, a liberação de novos lotes de saques da 6ª parcela. Os depósitos já foram concluídos. Sendo assim, já crescem as expectativas pela liberação da 7ª parcela, até então considera a última da prorrogação.

Veja também: Auxílio emergencial 2021 tem nova exigência para pagamento de R$600

De acordo com o cronograma divulgado pela CAIXA, os depósitos da 7ª parcela começarão no dia 20 de outubro. Ou seja, em duas semanas já terá início a liberação de novos depósitos nas contas dos trabalhadores. Os pagamentos seguirão sendo efetuados até 31 de outubro, quando os nascidos em dezembro terão o valor do benefício depositado em suas contas.

O calendário de saques da 7ª parcela, por sua vez, terá início no dia 1º de novembro deste ano. A liberação do dinheiro em espécie continuará até o dia 19 de novembro. Até então continua sendo a última liberação do benefício, uma vez que já existe movimentos pela prorrogação do auxílio emergencial ainda este ano.

Após confirmar que os pagamentos não seriam mais prorrogados, o Governo já se inclina para extensão de mais parcelas do benefício. Membros do Palácio do Planalto já dão como certa a ideia de pagar o benefício por mais alguns meses.

Ainda não há uma confirmação de prorrogação do auxílio emergencial por parte do Governo Federal. Até então, os pagamentos em depósitos seguem até outubro. No entanto, é muito provável que o Palácio do Planalto faça o anúncio da prorrogação do programa a qualquer momento.

Segundo informações de bastidores, membros do governo federal ainda não confirmaram a prorrogação do auxílio emergencial porque não chegaram a um acordo sobre alguns detalhes. Neste momento, por exemplo, ainda não se sabe quantos meses o projeto vai ter pela frente. Também não se sabe se os valores seguirão os mesmos.

Atualmente, a Caixa libera valores que oscilam de R$ 150 a R$ 375, conforme a composição familiar do beneficiário.

Calendário 7ª parcela do auxílio emergencial – Público Geral

Mês de nascimento Depósitos Saques
Janeiro 20 de outubro 1º de novembro
Fevereiro 21 de outubro 3 de novembro
Março 22 de outubro 4 de novembro
Abril 23 de outubro 5 de novembro
Maio 23 de outubro 9 de novembro
Junho 26 de outubro 10 de novembro
Julho 27 de outubro 11 de novembro
Agosto 28 de outubro 12 de novembro
Setembro 29 de outubro 16 de novembro
Outubro 30 de outubro 17 de novembro
Novembro 30 de outubro 18 de novembro
Dezembro 31 de outubro 19 de novembro

 

Calendário 7ª parcela do auxílio emergencial – Bolsa Família

  • NIS com final 1: 18 de outubro;
  • NIS com final 2: 19 de outubro;
  • NIS com final 3: 20 de outubro;
  • NIS com final 4: 21 de outubro;
  • NIS com final 5: 22 de outubro;
  • NIS com final 6: 25 de outubro;
  • NIS com final 7: 26 de outubro;
  • NIS com final 8: 27 de outubro;
  • NIS com final 9: 28 de outubro;
  • NIS com final 0: 29 de outubro.

Prorrogação

Os membros do Governo estão inclinados a aprovar uma prorrogação do auxílio emergencial ainda em 2021. E a extensão do benefício poderá ser de mais seis meses. Caso isso se confirme, o programa acabaria entrando portanto no ano de 2022. E poderia chegar ainda mais próximo das eleições do próximo ano. A avaliação é que isso poderia ser bom para o governo do presidente Jair Bolsonaro.

É importante lembrar que ainda resta discutir é a questão do patamar de pagamentos. Há, dentro do Governo Federal, quem defenda que o Planalto deveria seguir fazendo liberações, mas com valores ainda mais baixos. Hoje, de acordo com o Ministério da Cidadania, o nível dos repasses varia entre R$ 150 e R$ 375.

4/5 - (1 vote)

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

1 comentário
  1. Robson carneiro Lima Diz

    Eu não resebir auxílio emergencial no dia 17

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.