Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Auxílio Emergencial: R$ 10,1 bilhões foram pagos indevidamente em 2020

Segundo a Controladoria Geral da União (CGU), o Auxílio Emergencial pagou R$ 10,1 bilhões indevidamente para beneficiários. O valor é referente ao auxílio pago no ano passado, no período entre abril e novembro.

Nesse sentido, a CGU alertou o Ministério da Cidadania sobre o problema com o Auxílio Emergencial. Segundo o jornalista Guilherme Amado, o ministério está tomando as medidas iniciais para recuperar o dinheiro pago indevidamente.

Os desvios do benefício ocorreram de 4 formas diferentes. Desta maneira, R$ 2 bilhões foram pagos a pessoas que possuíam renda familiar acima do limite, e R$ 1,2 bilhão a agentes públicos estaduais, municipais e distritais. Além disso, R$ 4 bilhões também foram pagos a pessoas empregadas, e por fim, R$ 2,9 bilhões foram pagos erroneamente por outros motivos.

Ainda, o Auxílio Emergencial também pagou R$ 139,6 milhões destinados a 74,5 mil beneficiários mortos. Isso ocorreu no mesmo período do ano passado.

Os desvios que ocorreram representam 4,6% do total pago pelo Auxílio Emergencial até novembro de 2020. Caso os erros não tivessem ocorrido, o governo poderia pagar mais 40 milhões de parcelas do benefício, com valor médio de R$ 250.

Antecipação da terceira parcela

A terceira parcela do Auxílio emergencial 2021 foi antecipada pelo Governo Federal. Deste modo, os pagamentos começaram na última sexta-feira (18), e seguem conforme o mês de nascimento dos beneficiários. Entretanto, os saques só começam a ser liberados no dia 1º de julho. Confira a seguir o calendário atualizado da terceira parcela do Auxílio emergencial.

 

Nascidos emDepósito Saque
Janeiro18 de junho1º de julho
Fevereiro19 de junho2 de julho
Março20 de junho5 de julho
Abril22 de junho6 de julho
Maio23 de junho8 de julho
Junho24 de junho9 de julho
Julho25 de junho12 de julho
Agosto26 de junho13 de julho
Setembro27 de junho14 de julho
Outubro29 de junho15 de julho
Novembro30 de junho16 de julho
Dezembro30 de junho19 de julho

 

É importante ressaltar que a tabela acima é referente ao público geral, ou seja, para os beneficiários do programa Bolsa Família as datas são diferentes.

Prorrogação do Auxílio Emergencial 2021

O ministro da economia, Paulo Guedes, anunciou a prorrogação do Auxílio Emergencial deste ano. Nesse sentido, o Governo federal confirmou que o benefício vai ser pago por mais 2 meses, funcionando da mesma maneira. Dessa forma, serão pagos os mesmos valores atuais.

Além disso, Guedes também comentou sobre o Bônus de Inclusão Produtiva e o Bônus de Incentivo à Qualificação. Entretanto, os valores comentados por ele, de R$ 275, foram menores que os propostos inicialmente, de R$ 300.

Por fim, o ministro falou sobre o prazo de extensão do Auxílio Emergencial, e sobre um novo programa social.  “O presidente Jair Bolsonaro é quem vai decidir o prazo. Primeiro, esses dois ou três meses, e então devemos aterrissar em um novo programa social que vai substituir o Bolsa Família”.

4 Comentários
  1. Roseli Diz

    Tenho 45 anos moro sozinha fui despedida do emprego em abriu do ano passado estou fazendo faxinas pra sobreviver nunca recebi nem um tipo de auxílio vejo pessoas recebendo pra comprar drogas
    E muita gente passando fome pq não conseguiu assim como eu

  2. Narcisa Diz

    Recebi só duas parcelas do auxílio ano passado
    Esse ano foi negado estou sem trabalho moro sozinha tenho que pagar aluguel, como faço?

  3. Celina Maria Aragão Diz

    Bom dia sou Mãe Chefe de Família. Vocês Botaram em Manchete o Seguinte : Auxílio Emergencial será pago em Dobro. Eu li mas não Encontrei nada a esse Respeito.
    Por Gentileza Vocês podem Responder a esse Meu Comentário.
    Sem mais para o Momento.
    Celina Maria. 22/06/2021

  4. Wallace Barbosa Diz

    Eu quem diga, pois moro na residência de minha mãe, com meu filho e minha filha morou aqui por um tempo.
    Eu tinha direito devido ser MEI, foi negado, ela nunca trabalhou recebeu R$ 1200,00.
    No análise, foi informado que duas pessoas já recebia, sendo ela em dobro.
    Mais agradeço, os bancos foi meu auxílio e está sendo até a presente data.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.