Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Auxílio Brasil: quando o Governo retomará os pagamentos do programa?

Neste final de semana, o Governo Federal realizou uma pausa nos pagamentos do Auxílio Brasil. Veja quando o programa retorna

Neste final de semana, o Governo Federal não tem programado nenhum pagamento do Auxílio Brasil. Segundo as informações do Ministério da Cidadania, os repasses serão retomados na próxima segunda-feira (21), para as pessoas que possuem o Número de Inscrição Social (NIS) final 4. A semana terá liberações para outros grupos.

O Governo Federal se prepara agora para cinco dias seguidos de liberações do Auxílio Brasil. A Caixa Econômica Federal fará os repasses entre a segunda-feira (23) e a sexta-feira (27). Neste meio período, mais cinco grupos poderão receber o dinheiro da sétima rodada de pagamentos do benefício social. Veja abaixo.

Segunda-feira (23) – Cidadãos que possuem o Número de Inscrição Social (NIS) final 4
Terça-feira (24) – Cidadãos que possuem o Número de Inscrição Social (NIS) final 5
Quarta-feira (25) – Cidadãos que possuem o Número de Inscrição Social (NIS) final 6
Quinta-feira (26) – Cidadãos que possuem o Número de Inscrição Social (NIS) final 7
Sexta-feira (27) – Cidadãos que possuem o Número de Inscrição Social (NIS) final 8

Assim como os pagamentos realizados nos últimos meses, não há necessidade de solicitação dos depósitos. O Governo Federal explica que realiza as liberações de forma automática. Quem já estava dentro do benefício social e já recebeu o dinheiro outras vezes, pode ficar tranquilo porque a renovação é automática.

Quem ainda não recebeu nenhuma parcela do Auxílio Brasil e quer fazer parte do programa, também não precisa realizar nenhuma solicitação. Basta manter os dados do Cadúnico atualizados. É a partir deles que o Governo Federal seleciona as pessoas que poderão entrar na folha de pagamentos do benefício social.

Quem pode receber?

Recentemente, o Congresso Nacional aprovou a Medida Provisória (MP) do Auxílio Brasil. O texto já foi oficialmente sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), ou seja, o texto já foi oficialmente transformado em lei oficial.

No entanto, o texto não tem qualquer influência nas regras de entrada no programa. Segue valendo a ideia de que é preciso ter uma conta ativa e atualizada no Cadúnico. Além disso, é preciso respeitar os limites de renda per capita exigidos.

Quem está em situação de extrema-pobreza tem direito de receber o Auxílio Brasil. Já quem está em condição de pobreza também pode receber desde que resida com uma gestante ou ao menos um menor de 21 anos.

Auxílio Brasil

O Governo Federal iniciou os pagamentos do seu Auxílio Brasil ainda no final do último mês de novembro do ano passado. Na ocasião, o benefício foi pago apenas para as pessoas que faziam parte do antigo Bolsa Família.

Desde o início deste ano, pouco mais de 3,5 milhões de indivíduos entraram na folha de pagamentos do projeto. Hoje, o Ministério da Cidadania, que é o órgão pagador do programa, estima que mais de 18 milhões estejam aptos ao recebimento.

Todos os meses, o mesmo Ministério realiza uma espécie de pente fino nas contas das pessoas que recebem o Auxílio Brasil. O objetivo é justamente tentar encontrar fraudes e inconsistências nos dados dos beneficiários.

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.