Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

5/5 - (2 votes)

Auxílio Brasil: Ministério confirma que já acabou com a fila de espera

De acordo com o Ministério da Cidadania, fila de espera do Auxílio Brasil já chegou ao fim e novos usuários já foram inseridos

De acordo com o Ministério da Cidadania, a fila de entrada para o Auxílio Brasil acabou de ser zerada. Em nota enviada para o jornal Extra na manhã desta terça-feira (4), a pasta afirma que já inseriu algo em torno de 2,7 milhões de pessoas e com isso, ninguém mais estaria de fora do projeto em questão.

A ideia do Ministério é que todos esses indivíduos que foram inseridos agora passem a receber o dinheiro a partir do dia 18, quando começa o calendário de janeiro do Auxílio Brasil. Dessa forma, o Governo cumpre a promessa de inserir esses novos usuários a partir do primeiro mês de 2022.

“O Auxílio Brasil alcança mais de 17 milhões de famílias, o maior patamar de atendimento da história dos programas permanentes de transferência de renda do governo federal. A ação demonstra o compromisso desta gestão em garantir e ampliar continuamente o atendimento nas ações de proteção social para os cidadãos mais vulneráveis”, diz a nota.

Esses novos usuários passam a ganhar um patamar mínimo de R$ 400, como todos os outros 14,5 milhões que vinham recebendo isso desde o último mês de dezembro. Não é preciso fazer qualquer tipo de confirmação de cadastro ou aceitação de recebimento. Pelo que se sabe, o dinheiro vai cair automaticamente na conta desses brasileiros.

O Ministério diz que esses usuários poderão consultar o resultado da seleção por meio dos seus aplicativos digitais. Há o app oficial do Caixa Tem e também o do próprio Auxílio Brasil, que é fruto de um atualização da aplicação oficial do Bolsa Família. Vai dar para saber esses dados a partir desses meios.

Procurar meios oficiais

Ao realizar esse processo, o sistema desses aplicativos vai pedir para que o usuário insira os seus documentos pessoais e outras informações de cunho pessoal. Por isso mesmo, é muito importante prestar atenção.

Ao fazer o download nas lojas de aplicativo, aliás, certifique-se de que a aplicação é mesmo a oficial. Para saber isso, não é tão difícil. Basta baixar apenas o app que tem a Caixa Econômica Federal como desenvolvedora oficial.

Não entrei agora, posso entrar depois?

Quem não conseguir entrar no programa agora em janeiro, vai ter chance de entrar nos meses seguintes. Isso porque, de acordo com o Ministério da Cidadania, o Auxílio Brasil é um projeto volátil com entradas e saídas constantes.

De qualquer forma, entende-se que essa entrada de janeiro é a maior de todas. Muito provavelmente, aliás, o Governo Federal não vai voltar a inserir 2,7 milhões de pessoas de uma só vez daqui para frente.

Preciso fazer algo para entrar no Auxílio Brasil?

Não. Não é preciso fazer nada para tentar entrar no Auxílio Brasil. Isso porque, de acordo com o Ministério da Cidadania, todo esse processo de seleção acontece de maneira automatizada através dos dados já existentes.

Dessa forma, o cidadão precisa apenas manter os dados do Cadúnico atualizados para evitar problemas nesse processo. Quem for selecionado e não tiver uma conta, não precisa criar uma. O próprio Governo faz isso.

5/5 - (2 votes)
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.