Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

3/5 - (5 votes)

AUXÍLIO BRASIL JULHO: mais de 18 milhões vão receber o benefício neste mês; veja o valor e calendário

Pagamentos de julho do Auxílio Brasil começaram oficialmente nesta segunda-feira (18), para quem tem o NIS final 1

Mais de 18 milhões de pessoas estão aptas ao recebimento do Auxílio Brasil do Governo Federal neste mês de julho. A informação foi confirmada pelo Ministério da Cidadania no final da última semana. O número é basicamente o mesmo que foi visto durante os pagamentos feitos no mês de junho deste ano.

O valor médio dos repasses também não sofreu alterações significativas. Para julho, segue valendo a regra de que cada família deve receber, ao menos, R$ 400 por mês. A média de pagamentos deste mês está na casa dos R$ 408,80. Em regra geral, as pessoas podem receber mais do que R$ 400, caso a soma dos benefícios internos permita.

O Ministério da Cidadania também informou que o Governo Federal gastará pouco mais de R$ 7,6 bilhões com os repasses de julho do Auxílio Brasil. O montante será suficiente para atender todas as pessoas. O gasto em questão ainda faz parte da previsão orçamentária definida no ano passado, logo depois da aprovação da PEC dos precatórios.

Nesta segunda-feira (18), é a vez dos usuários que possuem o Número de Identificação Social (NIS) final 1. Conforme informações do Ministério da Cidadania, o dinheiro está na conta dos cidadãos desde as primeiras horas da manhã. Os usuários podem movimentar a quantia através do novo cartão do Auxílio Brasil ou do antigo dispositivo do Bolsa Família.

Quem não tem nenhum cartão, pode movimentar o dinheiro do benefício usando o app do Caixa Tem. Através do aplicativo, é possível pagar contas na forma de boletos, realizar transferências e até mesmo fazer algumas compras online. O cidadão também poderá gerar uma espécie de código para saque, caso prefira movimentar a quantia em espécie.

VALOR AUXÍLIO BRASIL; QUAL O VALOR DO AUXÍLIO BRASIL EM JULHO e o Calendário?

valor Auxílio Brasil de julho está fixado em parcelas mínimas no valor de R$400. Isso ocorre porque a PEC do aumento do Auxílio Brasil 600 prevê o pagamento com aumento somente a partir de agosto.

Conforme informado, o valor Auxílio Brasil de julho está fixado em parcelas mínimas de 400 reais. Veja todas as datas de pagamentos a seguir (referente a este mês):

Calendário Julho Auxílio Brasil:

  • NIS terminado em 1 – Recebe dia 18 de julho; – HOJE
  • NIS terminado em 2 – Recebe dia 19 de julho;
  • NIS terminado em 3 – Recebe dia 20 de julho;
  • NIS terminado em 4 – Recebe dia 21 de julho;
  • NIS terminado em 5 – Recebe dia 22 de julho;
  • NIS terminado em 6 – Recebe dia 25 de julho;
  • NIS terminado em 7 – Recebe dia 26 de julho;
  • NIS terminado em 8 – Recebe dia 27 de julho;
  • NIS terminado em 9 – Recebe dia 28 de julho;
  • NIS terminado em 0 – Recebe dia 30 de julho.

A partir de agosto, os valores serão os seguintes:

  • 1º parcela do Auxílio Brasil de R$600: Agosto
  • 2º parcela do Auxílio Brasil de R$600: Setembro
  • 3º parcela do Auxílio Brasil de R$600: Outubro
  • 4º parcela do Auxílio Brasil de R$600: Novembro
  • 5º parcela do Auxílio Brasil de R$600: Dezembro

Impacto da PEC

Vale lembrar que na última semana, o Congresso Nacional promulgou o texto da PEC dos Benefícios. Trata-se do documento que libera um aumento nos pagamentos do Auxílio Brasil. Nesse sentido, o programa passa de R$ 400 para R$ 600.

Contudo, as mudanças não possuem qualquer impacto no sistema de repasses do benefício neste mês de julho. Recentemente, o presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou que as alterações terão efeito apenas a partir de agosto.

Além de elevar o Auxílio Brasil de R$ 400 para R$ 600, o Governo Federal também pretende elevar o número de usuários do programa. Assim, entre os meses de julho e agosto, o número de beneficiários pode sair de 18 milhões para 21 milhões de beneficiários.

Antecipação do Auxílio Brasil

Segundo informações de bastidores colhidas pelo jornal Folha de São Paulo, o Governo Federal analisa a possibilidade de antecipar o calendário de pagamentos do Auxílio Brasil no próximo mês de agosto.

O Governo Federal ainda não confirma tal informação. De toda forma, caso ela saia do papel, os repasses do programa social passariam a acontecer sempre na primeira quinzena de cada mês, e não na segunda, como acontece agora.

A regra atual diz que o Governo Federal precisa pagar o valor do Auxílio Brasil sempre nos 10 últimos dias úteis de cada mês. É o que acontece, por exemplo, em julho. Agora, os repasses estão acontecendo entre os dias 18 e 29.

3/5 - (5 votes)

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.