Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Auxílio Brasil: governo não deve inserir mais ninguém neste ano de 2021

De acordo com informações do jornal Folha de São Paulo, o Governo não deve inserir mais ninguém no Auxílio Brasil este ano

O Governo Federal concluiu na última semana os pagamentos da segunda rodada do Auxílio Brasil. E foi isso. Quem recebeu, pegou. Quem não recebeu, vai ter que esperar para o próximo ano. Pelo menos é isso o que está dizendo uma reportagem do jornal Folha de São Paulo, publicada no início da tarde desta quarta-feira (29).

De acordo com o jornal, membros do Ministério da Cidadania acreditam que não há mais tempo hábil para inserir novas pessoas no programa. No início deste mês de dezembro, o Ministro da Cidadania, João Roma, vinha dizendo que ia colocar mais usuários do projeto ainda este ano. Mas isso não deve acontecer.

Já naquele momento da promessa se imaginava que o Governo não iria conseguir fazer os pagamentos de fato para essas pessoas. E dava para imaginar isso justamente por causa da falta de tempo. De qualquer forma, membros do Planalto estavam acreditando que talvez fosse possível pelo menos inserir mais indivíduos na folha de pagamento.

Então o objetivo era colocar mais 2 milhões de pessoas no programa agora em dezembro e elas passariam a receber o montante em janeiro do próximo ano. Pelo menos era isso o que eles estavam falando. Agora, no entanto, o plano é inserir mais beneficiários apenas no ano de 2022, mesmo. Tudo às vésperas dos pagamentos.

Em resposta ao jornal Folha de São Paulo, membros do Ministério da Cidadania afirmaram que a liberação do dinheiro demorou mais do que o esperado. Vale lembrar que a verba que vai ser usada para pagar a versão turbinada do Auxílio Brasil vai vir da PEC dos Precatórios. Pelo menos é o que se sabe até aqui.

O que muda na prática

Na prática, essa decisão de alterar a data de entrada de novos usuários não muda muita coisa quando falamos dos pagamentos. Vai seguir a lógica de fazer os repasses para essas pessoas a partir de janeiro de 2022.

O que muda mesmo é a questão da demora em anunciar os nomes. Agora, as pessoas terão que esperar um pouco mais de tempo para conseguir saber se elas estarão entre os nomes que irão receber o benefício ou não.

Calendário do Auxílio em janeiro

Oficialmente falando, o Ministério da Cidadania ainda não divulgou o calendário de pagamentos de janeiro do Auxílio Brasil. Mas já dá para saber quais serão as datas da liberação do dinheiro em questão.

Isso porque eles já confirmaram que irão seguir a mesma lógica de liberar os pagamentos sempre nos últimos 10 dias úteis do mês. Assim, dá para adiantar que os repasses de janeiro começarão no dia 18 e irão até o dia 31.

Número de usuários

Hoje, de acordo com o Ministério da Cidadania, o Auxílio Brasil está atendendo oficialmente cerca de 14,5 milhões de brasileiros. Em comum: todo eles vieram do antigo Bolsa Família. A expectativa é que isso mude a partir de 2022.

Ainda de acordo com o Ministério da Cidadania, o número de usuários do programa vai aumentar em 3 milhões a partir do próximo mês. Então, em tese, teremos cerca de 18 milhões de atendidos em 2022.

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.