Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Auxílio Brasil: 1,6 milhão de famílias serão incluídas no programa

A partir de agosto, cerca de 1,6 milhão de famílias serão incluídas na folha de pagamento do Auxílio Brasil. Isso deve ocorrer por conta da aprovação da  Emenda Constitucional 123 que também aprovou o aumento de R$ 200 no benefício até o mês de dezembro de 2022.

Por conta disso, muitos cidadãos inscritos no CadÚnico estão em dúvida se receberão ou não o Auxílio Brasil nos próximos meses. Para obter essa resposta, é possível fazer uma consulta no aplicativo oficial do programa ou no App Caixa TEM da Caixa Econômica Federal. 

Os aplicativos Auxílio Brasil e Caixa TEM estão disponíveis gratuitamente nas lojas de aplicativos das plataformas de dispositivos móveis Android e iOS. Por meio dos Apps, é possível consultar a disponibilidade do benefício social, composição e valor das parcelas e calendário de pagamento.

Além da possibilidade de consultar as informações do Auxílio Brasil por meio dos aplicativos citados anteriormente, os beneficiários podem ligar nas centrais de atendimento da Caixa ou Ministério da Cidadania. Para ligar na central da Caixa é preciso discar o número 111, já o número do Ministério da Cidadania é 121.

Veja as datas de pagamento de agosto

O pagamento do Auxílio Brasil é feito nos últimos dez dias úteis de cada mês. No entanto, o crédito dos recursos será adiantado em agosto. Confira o calendário de pagamentos deste mês:

NIS final:Data de pagamento:
109/08
210/08
311/08
412/08
515/08
616/08
717/08
818/08
919/08
022/08

Vale lembrar que em agosto, os beneficiários do Auxílio Brasil também receberão os recursos do Vale-Gás. Entre os meses de agosto e dezembro de 2022 o auxílio gás será pago em meses intercalados, no valor de R$ 120.

Mais informações sobre o Auxílio Brasil

O Ministério da Cidadania explica que o Auxílio Brasil é constituído por três benefícios básicos: Benefício da Primeira Infância, Benefício Composição Familiar e Benefício de Superação da Extrema Pobreza, de forma que cada uma das modalidades garante um valor diferente. Desta forma, o valor que cada família recebe pode variar de acordo com o núcleo familiar. 

O Benefício Primeira Infância é destinado a famílias que tenham em seu núcleo familiar crianças entre 0 (zero) e 36 (trinta e seis) meses incompletos. Nesses casos, é pago o valor de R$ 130 mensais por integrante que se enquadrar no requisito. 

O Benefício Composição Familiar foi criado com o intuito de atender famílias que possuem em sua composição familiar gestantes ou pessoas entre 3 e 21 anos incompletos. É importante informar que os Integrantes com idade entre 18 e 21 anos só possuem o direito de receber o benefício se estiverem matriculados na educação básica e tiverem a frequência escolar indicada pelo programa Auxílio Brasil

Por fim, o benefício de Superação da Extrema Pobreza é pago quando a renda familiar se mantiver abaixo da linha da extrema pobreza, mesmo após o acréscimo dos benefícios citados anteriormente. Mais informações sobre o Auxílio Brasil podem ser obtidas no site do Ministério da Cidadania. 

Avalie o Texto.
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.