Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Autossabotagem: Sinais de que você está se auto prejudicando

autossabotagem associa-se diretamente com atitudes que tomamos para criar empecilhos que nos impedem de atingir objetivos tanto pessoais, quanto profissionais. São pequenas ações que muitas vezes passam despercebidas, mas impactam de forma severa em nossos resultados.

Sendo assim, saber reconhecer a autossabotagem é o primeiro passo para construir um futuro mais sólido e pautado em atitudes saudáveis e condizentes com os nossos sonhos.

Por isso fizemos este guia para lhe ajudar a reconhecer as suas atitudes e assim você ter a oportunidade de tomar medidas para acabar com o problema. Acompanhe e entenda.

Quais são os sinais de que estou me auto prejudicando?

Os sinais de que você está se auto prejudicando podem parecer sutis, mas quando você analisa os contextos, percebe o quanto a autossabotagem pode estar presente no seu dia a dia.

Com isso em mente, eleja uma área da sua vida que você deseja analisar (trabalho, estudo, relacionamento, família, etc.) e considere os pontos a seguir:

1- Você costuma pensar no lado negativo

Independentemente do contexto que você esteja pensando, se você costuma dar mais importância para o lado negativo nesse âmbito, desconfie.

Esse tipo de atitude envolve-se com a autossabotagem a partir do momento em que você crê que as coisas tendem a dar errado, ou que nada está bom.

Com isso, mina o seu pensamento de tal forma que lhe impede de pensar em novas propostas e formas de desenvolver o seu futuro. Afinal, a ideia agressiva de que “tudo é negativo” faz com que você nem veja razão de seguir em frente com algo novo.

2- Procrastinação faz parte da sua rotina

Quantas vezes por dia você já se pegou no flagra procrastinando?

É claro que nem todos os dias estaremos plenamente produtivos, felizes e empolgados. No entanto, se a procrastinação é algo muito recorrente, significa que você precisa ficar alerta!

Quando deixamos tudo para depois, estamos plantando a ansiedade, resultados pouco interessantes e o estresse por receber críticas mais tarde. Tudo isso nos mostra o quanto o ato de procrastinar está envolvido com a autossabotagem.

3- Comparações agressivas e recorrentes

Como seres humanos, nós sempre estaremos observando as atitudes alheias e, até certa medida, comparando-as com as nossas.

Porém, o problema surge quando esse tipo de comparação nasce com o intuito de diminuir quem somos, de uma forma muito agressiva, recorrente e pejorativa.

A autossabotagem, neste nível, faz com que não tenhamos uma autoestima positiva, além de que nos impede de tentar algo novo por acharmos que apenas os outros são bons.

Por isso, é imprescindível que todas as vezes que você estiver se comparando, pare imediatamente o que está fazendo e analise, mentalmente, os seus atributos positivos.

Lembre-se de que as suas qualidades não precisam aparecer em contraponto com alguém. Elas precisam, apenas, aparecer!

4- Medo excessivo de errar

O medo é completamente natural e ele sempre aparecerá em nossas vidas, uma hora ou outra.

Ele está associado com a nossa “falta de habilidade” diante de algo novo, nunca vivido ou sentido. Ou seja, é algo extremamente corriqueiro.

Em contrapartida, quando há um excesso de medo, a autossabotagem pode aparecer. Isso porque passamos a acreditar que nada dará certo e que jamais conseguiremos sair do lugar.

Com isso, não tomamos novas atitudes e nem entramos em novos projetos, apenas por medo de fracassar. Mas, da mesma forma que o medo em excesso faz com que não fracassemos, ele também faz com que não possamos vencer!

Por isso, antes de se deixar levar pelo medo, tente enxergar as possibilidades positivas da sua ação e, a partir disso, arrisque mais! Assim, pouco a pouco você conseguirá vencer a autossabotagem.

 

Você se identificou com alguns dos sinais? Então comenta aqui embaixo para que possamos conversar!

Leia Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.