Por Estado: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO | NACIONAL

Avalie o Texto.

Autossabotagem no trabalho remoto: Veja sinais

Os sinais de autossabotagem no trabalho remoto podem ser silenciosos, mas com um olhar atento podemos detectá-los. E ao detectá-los torna-se viável colocar em prática algumas medidas que minimizem os impactos dessa autossabotagem.

Porém, você deve estar se perguntando: quais são os principais sinais? O que devo analisar? Veja, ao longo deste conteúdo, algumas respostas para essas perguntas. Confira!

Sinais de autossabotagem no trabalho remoto

São diversos os sinais de autossabotagem no trabalho remoto que devemos analisar. Comece, agora mesmo, a sua autoanálise nesse sentido. Esperamos que a nossa lista abaixo possa servir como estopim para mudanças positivas na sua vida. Acompanhe:

1. Ambiente de trabalho bagunçado

Analise a sua mesa de trabalho: como ela está? Bagunçada? Organizada? Pense sobre isso.

Se a sua mesa estiver toda bagunçada e com materiais espalhados por todos os lados, pode ser que este seja um sinal de autossabotagem no trabalho remoto.

Afinal, nosso ambiente de trabalho impacta em nosso bem-estar e produtividade. Por isso, devemos investir em um espaço limpo, arejado, iluminado e organizado. Caso contrário, poderemos ter problemas com as nossas tarefas diárias.

2. Falta de limites para os familiares

Você consegue impor os limites para os seus familiares? Ou permite que eles interrompam o seu trabalho o tempo todo? Analise este ponto.

Deixar que a família fique chamando a todo instante, atrapalhando o raciocínio no trabalho, é muito perigoso para os seus resultados.

3. Ausência de horário de trabalho

Hoje você começa às 8h. Amanhã, só depois do meio dia. E assim você vai indo ao longo da semana.

Embora o trabalho remoto seja realmente mais flexível, a ausência de rotina pode dificultar o foco nas atividades. Isso porque se não existe rotina, pode ser que não exista método.

Logo, tudo pode acontecer de modo aleatório.

Além disso, não dormir em um horário equilibrado pode prejudicar os seus rendimentos, devido às questões de saúde cerebral.

4. Falta de prioridades

A autossabotagem no trabalho remoto também aparece quando não temos boas prioridades.

Se não sabemos o que é importante e o que deve ser feito por primeiro, por onde começamos o nosso dia? De maneira aleatória, novamente?

Essa aleatoriedade pode diminuir a motivação em alguns momentos.

5. Dificuldade para dizer “não”

Não saber dizer “não” para o pedido dos chefes e dos clientes é algo muito negativo.

Não é porque você está em casa que deve atender qualquer hora, ou simplesmente aceitar toda e qualquer demanda – trabalhando além do horário estipulado.

Dizer “não” é um sinal de respeito consigo mesmo e com o outro.

6. Procrastinação constante

Você é do tipo que procrastina com bastante frequência? Pense sobre isso.

A procrastinação é uma das principais práticas de autossabotagem no trabalho remoto.

Deixar para depois não vai fazer com que a atividade seja magicamente concluída. Lembre-se disso.

7. Dificuldade para encerrar a jornada de trabalho do dia

Se você não consegue acabar o trabalho no fim do dia, pode estar se sobrecarregando. Essa sobrecarga provoca efeitos negativos nos seus rendimentos e na sua produtividade.

Logo, é mais um sinal de autossabotagem no trabalho remoto. Fique atento a isso!

Avalie o Texto.

Veja o que é sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.